Estudantes da Eetepa Criam Aplicativos Inovadores para Turismo e Culinária Paraense

Estudantes da Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (Eetepa) Vilhena Alves estão inovando ao criar aplicativos que promovem o turismo e a culinária paraense. O projeto, que integra tecnologia e cultura local, tem como objetivo valorizar as riquezas do Pará e oferecer novas ferramentas para turistas e moradores explorarem o estado de forma prática e interativa.

A iniciativa faz parte do programa de desenvolvimento tecnológico da Eetepa, que incentiva os alunos a aplicarem seus conhecimentos em projetos que beneficiem a comunidade. Os aplicativos criados pelos estudantes destacam-se por sua criatividade e funcionalidade, proporcionando uma experiência enriquecedora para os usuários.

Um dos aplicativos desenvolvidos é o “Turismo Pará”, que oferece informações detalhadas sobre os principais pontos turísticos do estado. O app inclui mapas interativos, roteiros personalizados, dicas de hospedagem e transporte, além de informações sobre eventos culturais e festividades locais. “Nosso objetivo é facilitar a vida dos turistas e mostrar a diversidade e beleza do Pará”, afirmou João Silva, um dos estudantes envolvidos no projeto.

Outro destaque é o aplicativo “Culinária Paraense”, que reúne receitas tradicionais da gastronomia local, como o tacacá, maniçoba e pato no tucupi. O app não só fornece as receitas, mas também inclui vídeos tutoriais, dicas de chefs renomados e uma seção dedicada à história e origem de cada prato. “Queremos que as pessoas conheçam e apreciem a riqueza da nossa culinária, que é uma parte essencial da nossa cultura”, explicou Maria Oliveira, outra estudante participante.

Eigla Santos - criadora do "Tupã"O desenvolvimento desses aplicativos envolveu diversas etapas, desde a pesquisa e planejamento até a programação e testes finais. Os alunos trabalharam em equipes multidisciplinares, contando com o apoio de professores e especialistas em tecnologia e turismo. Esse processo não só proporcionou um aprendizado técnico, mas também desenvolveu habilidades de trabalho em equipe e resolução de problemas.

Durante a cerimônia de apresentação dos aplicativos, o diretor da Eetepa Vilhena Alves, Carlos Souza, destacou a importância do projeto para a formação dos estudantes e para a valorização da cultura local. “Esses jovens estão mostrando como a tecnologia pode ser uma aliada na promoção do nosso patrimônio cultural e turístico. Eles são um exemplo de criatividade e inovação”, afirmou o diretor.

O projeto também contou com a parceria de órgãos de turismo e cultura do estado, que forneceram informações e recursos para o desenvolvimento dos aplicativos. Essas parcerias foram fundamentais para garantir a precisão e relevância das informações disponibilizadas nas plataformas.

Os aplicativos estão disponíveis gratuitamente para download em dispositivos Android e iOS, facilitando o acesso de um público amplo. A expectativa é que essas ferramentas se tornem indispensáveis tanto para turistas que visitam o Pará quanto para os próprios moradores que desejam explorar mais a fundo as belezas e sabores de sua terra.

“Estamos muito orgulhosos do trabalho realizado pelos nossos alunos. Eles não apenas aplicaram seus conhecimentos técnicos, mas também contribuíram para a valorização da nossa cultura. Este é um exemplo de como a educação pode transformar a realidade e promover o desenvolvimento local”, destacou a secretária de Educação do Pará, Ana Paula Lima.

Os alunos envolvidos no projeto expressaram sua satisfação com os resultados alcançados e destacaram a importância de iniciativas como essa para seu desenvolvimento pessoal e profissional. “Foi uma experiência incrível. Aprendemos muito e nos sentimos mais preparados para enfrentar os desafios do mercado de trabalho”, afirmou Pedro Almeida, um dos estudantes.