UsiPaz Cabanagem segue com curso de Assistente Administrativo a moradores do bairro

“Era uma área que eu já queria me especializar para buscar um conhecimento maior, um emprego, e quando abriu aqui essa oportunidade eu vim logo me inscrever”, explica a jovem de 18 anos, Carmem Selma, sobre o curso de assistente administrativo ofertado pela Usina da Paz Cabanagem, em Belém. A oficina é ministrada por meio de uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), TerPaz e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), para uma turma de 20 pessoas, todas moradoras do bairro, com duração de aproximadamente dois meses, garantindo, ao final, um certificado de conclusão da jornada.

Além do curso, Carmem Selma frequenta as aulas preparatórias para o Enem, também oferecidas pela UsiPaz no turno da noite. É que com o aprendizado adquirido nas aulas de assistente administrativo ela já vislumbra algo ainda maior. “Eu pretendo buscar um emprego nessa área e me especializar ainda mais fazendo uma faculdade de administração ou prestando concurso público”.

Foto: Jader Paes / Agência ParáDe acordo com o instrutor das oficinas, Luiz Carapajó, a atividade abre oportunidades abrangentes, pois a área administrativa está presente em todos setores e esferas, seja pública ou privada. “Em qualquer setor do mercado de trabalho existem funções administrativas que precisam ser muito bem organizadas, planejas, coordenadas e controladas, e este curso aqui de assistente administrativo visa a preparação do auxiliar de um administrador de uma empresa ou, na ausência do administrador, alguém que possa trabalhar essas funções administrativas dentro de qualquer organização. Não só abre oportunidades para a formação, a graduação, especialização na área, mas como também em qualquer curso, por que você pode, por exemplo, ser um advogado e ter uma formação de assistente administrativo que vai te ajudar  a trabalhar no seu próprio negócio, no seu escritório. Então, isso expande as oportunidades no mercado de trabalho”.

Se aprofundar no ramo foi a pretensão da Camila Kelen, estudante do terceiro ano do ensino médio, ao se matricular para fazer as aulas. “Eu já trabalhei como administrativo, então eu estou procurando me especializar mais na função para que eu possa crescer no mercado e ter um melhor retorno financeiro.”

O curso iniciou no dia 16 de março e seguirá em andamento até o dia 12 de maio. Novas turmas deverão ser abertas em breve e serão divulgadas através das redes sociais das Usinas da Paz. Para fazer parte da turma, o aluno precisa ter a idade mínima de 16 anos e ter concluído o ensino fundamental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui