Tripin Tour utiliza a tecnologia para fomentar negócios locais

IMG_7579

A Tripin Tour é uma empresa de comércio eletrônico (e-commerce), especializada na reserva de roteiros e passeios turísticos regulares.

O que a diferencia de outras empresas de turismo é o processo de escolha de fornecedores. Preocupada com os altos preços praticados e com a qualidade dos serviços prestados, a Tripin Tour decidiu correr atrás de pequenos negócios nos locais em que atua: as cidades do Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu, Manaus, Fortaleza, Recife, Búzios, Salvador, Curitiba e Porto Alegre.

Assim, por trás da praticidade da compra, existe uma preocupação com a experiência que o cliente vai ter. Foi daí que veio a decisão de apostar em pequenos empreendedores. “Ao valorizar a mão de obra local, a empresa ganha ao oferecer preços mais atrativos e também auxilia pequenas empresas que não têm know-how em divulgação no meio online. É uma via de mão dupla que gera bons negócios para ambas as partes”, afirma Renata Couto, sócia responsável pela área de marketing da empresa.

Além dos passeios convencionais, a Tripin Tour também oferece soluções personalizadas para empresas de diversos portes e experiências exclusivas de acordo com o perfil do cliente.

Entre as possibilidades de reservas estão passeios privativos de barco, mesas especiais em restaurantes, day spa, voos especiais de helicóptero e tudo que a imaginação permitir. Reservas privativas são feitas mediante solicitação e não estão disponíveis pelo e-commerce.

O público da Tripin Tour é composto por homens e mulheres entre 24 e 65 anos, pertencentes, na sua maioria, às classes A e B.

“São pessoas que costumam viajar com frequência e não compram pacotes turísticos; preferem definir seu próprio roteiro. É o típico consumidor que faz suas reservas de hospedagem e passagens pela internet”, diz Renata Couto.

Para os operadores de turismo, a empresa apresenta a vantagem de ser um canal automatizado em que podem comercializar serviços sem pagar a mais por isso, somente a comissão que já é usual neste mercado (20 a 30%).

A reserva de roteiros e a compra de serviços de turismo pela internet já é realidade no Brasil. Tanto que a tecnologia é considerada a principal ferramenta na escolha de destinos turísticos no país. Segundo dados do Ministério do Turismo, o uso da internet como fonte de informação cresceu 68,4% nos últimos seis anos e se tornou o canal preferido por um terço da população brasileira.

Sobre a Tripin Tour

A empresa surgiu em 2011 como Rio Experience Tours e oferecia passeios regulares e traslados apenas na cidade do Rio de Janeiro e arredores. Vendo o potencial do mercado de turismo, as sócias decidiram expandir o negócio para outras cidades do Brasil, tornando-se Tripin Tour.