Teses de doutoras da área de biotecnologia serão premiadas pela Capes

Em parceria com a organização americana Dimensions Sciences (DS) a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), irá premiar doutoras da área de biotecnologia. Essa é a primeira vez que o prêmio CAPES de Tese será voltado especificamente para o público feminino.

Serão premiados os melhores trabalhamos que englobem temas sobre inovação e empreendedorismo. Além da premiação em dinheiro, no valor de U$2 mil pagos pela Dimensions Sciences, as melhores teses receberão reconhecimento nos editais do Prêmio de 2020 e 2021.

A Dimensions Sciences, organização americana sem fins lucrativos com sede em Washington, Estados Unidos, foi fundada pela cientista brasileira Márcia Vasconcellos Fournier. O seu objetivo é capacitar cientistas e estudantes, fornecendo bolsas de estudo para acesso a programas de ensino superior, pesquisa científica, inovação e intercâmbio internacional de pesquisadores.

Além da nova parceria com a Dimensions Sciences, a iniciativa conta, ainda, com o apoio da Fundação Carlos Chagas, da Comissão Fulbright e do Instituto Serrapilheira, que também oferecerão prêmios adicionais aos autores das teses vencedoras.

 

Prêmio CAPES de Tese

O Prêmio CAPES de Tese reconhece os melhores trabalhos de conclusão de doutorado defendidos em programas de pós-graduação brasileiros de acordo com os seguintes critérios: originalidade do trabalho, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato.

A CAPES divulgou os 49 selecionados na 15ª edição da premiação, em 1º de outubro. Durante a cerimônia de entrega do Prêmio, que em 2020 será virtual por causa da pandemia, outros 94 candidatos receberão menções honrosas.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil