Tênis de mesa paraense é um dos melhores do Brasil

DSC_0712

A atleta joga tênis de mesa há 11 anos, mas começou a vida desportiva jogando vôlei pelo projeto Papo Cabeça que funcionava nas dependências do Mangueirão. Um acidente afastou a atleta das quadras do voleibol, porém, abriu caminho para Glauciane Caldas atuar como mesa-tenista a partir do incentivo dos professores. O recomeço da vida no esporte foi inevitável e a atleta acabou se apaixonando pelo tênis de mesa, onde está até hoje conquistando títulos pelo Pará e pelo Brasil.

Glauciane esteve na sede da Seel, em Belém, para agradecer o apoio concedido pela secretária Renilce Nicodemos. “Com esse apoio da Seel eu consigo viajar e participar das competições obtendo títulos e ficando entre os melhores do Pará e do Brasil. Eu pretendo continuar treinando e competindo para o brilhantismo do tênis de mesa paraense”, disse Glauciane Caldas.