Com objetivo de evitar o contágio por covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus, o governo do Distrito Federal, decretou o fechamento de todos os shoppings de Brasília a partir desta 5ª feira (19.mar.2020)

Em nova reunião na tarde desta quinta-feira, 4, entre o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, representantes dos shopping centers e salões de beleza da capital, além dos profissionais das Secretarias Municipais de Economia (Secon) e Saúde (Sesma), foi decidido pela abertura dos shopping centers e salões de beleza no próximo sábado, 6.

Com a decisão, os shoppings devem funcionar das 12h às 20h e os salões de beleza e barbearias das 9h às 20h. Já o centro comercial da cidade terá um novo reforço na fiscalização e organização dos ambulantes. O horário do centro comercial também mudou. A partir desta sexta-feira, 5, o funcionamento será das 9h às 16h. “Vamos organizar o trânsito com o fechamento de algumas vias e reduzir o horário do comércio. Esperamos com tudo isso alcançar o equilíbrio”, disse Zenaldo Coutinho.

O prefeito de Belém reforçou que a colaboração de todos é essencial neste momento. “O apelo que eu faço aos lojistas, ambulantes, comerciantes, é o de defesa ao emprego, a renda e trabalho. Mas vamos defender a vida de todos. É necessário o compromisso de toda a população”, completou.

O diálogo permanente que a Prefeitura de Belém vem mantendo com cada setor econômico, vem garantindo o retorno gradual e responsável nesta primeira fase do plano de retomada econômica do município.

“Precisamos de um retorno responsável”, reforçou o gestor municipal, que garantiu, também, que as fiscalizações devem ser ainda mais intensas nesta sexta, no comércio, com a presença do Comitê de Segurança Municipal, que é composto pela Guarda Municipal de Belém, Ordem Pública e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (SeMOB).

Novas medidas podem ser tomadas caso as ruas do centro comercial voltem a registrar o descumprimento do protocolo, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, álcool em gel e as medidas de distanciamento.

Apoio – A flexibilização para reabertura de shopping centers e salões de beleza foi possível graças à disponibilidade de leitos clínicos e de UTI, nos Hospitais do Município e também do Estado.

A taxa de leitos vagos nesta quinta, é de 39% de disponibilidade para leitos clínicos, e de 24% disponíveis para leitos de UTI. Além disso, foi identificada uma redução no número de atendimentos nas urgências e emergências da capital. Menos demandas na entrada e redução da mortalidade.

Ainda sobre os shoppings, o prefeito Zenaldo Coutinho pontuou que os estabelecimentos devem fazer um controle rigoroso do acesso e circulação, com protocolos para medir temperatura, higienização e respeito de espaço entre consumidores, assim como a disponibilidade de álcool gel. “Não vão abrir ainda nessa etapa os parques, cinemas e restaurantes”, completou.