Senador Zequinha e representantes da área de ciência e tecnologia discutem sobre o desenvolvimento do Marajó

 Com mais de 550 mil paraenses, a região do Marajó compreende uma área de 104 mil km². Possui um vasto potencial natural para assegurar o desenvolvimento da população local, no entanto, a região tem sofrido ao longo dos anos com a ausência de uma política pensada exclusivamente para os 16 municípios que compõem o Arquipélago do Marajó. Com o propósito de garantir melhores condições de vida ao povo marajoara, o senador Zequinha Marinho reuniu hoje (27) com representantes da equipe Biotec Amazônia e com técnicos do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), OS credenciada pelo governo federal e que trabalha em associação com o MEC e MCTIC para a disseminação do conhecimento técnico para atender ao interesse do desenvolvimento das regiões brasileiras. Representantes da UFRA, IFPA e Cesupa também participaram da reunião que deverá construir ações integradas para impulsionar o crescimento econômico e social do Marajó com a criação de um CDR (Centro de Desenvolvimento Regional) em Belém.