Semas define metas para aprimorar os trabalhos em 2022

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) realizou nos últimos dois dias, segunda e terça-feira (8) a 1ª Oficina de Lideranças da Semas 2022, destinada a diretores, coordenadores e outros líderes da instituição.  A oficina teve a finalidade de promover a integração e a proposição de metas executáveis com o prazo final até o dezembro deste ano. O evento, realizado em um espaço privativo no Umarizal, contou com a presença de palestrantes convidados para o desempenho das dinâmicas necessárias aos interesses do encontro, voltadas para o conhecimento pessoal entre os líderes e à elaboração de um plano de metas.

No primeiro momento, o Advogado da União e mediador, Denis Moreira, apresentou aos participantes o valor da escuta, como tecnologia de crescimento pessoal e de desenvolvimento institucional, para lidar com as crises e em contato com as dimensões mais profundas do ser humano. A escuta coloquial, a terapêutica, restaurativa e outras modalidades, como a pedagógica e lúdica também foram abordadas. Entre os modelos de comunicação, também exemplificou o debate, que objetiva ganhar, encontrar defeitos no outro – em oposição ao diálogo, com finalidade de compreender, cooperar para construir.

Foto: Ascom/SemasO pesquisador explicou que é bom cuidar das palavras, com uma escuta empática – expressões acolhedoras – , evitar generalizações e ainda garantir um ambiente e consciência adequadas para o diálogo, com boa comunicação, para enriquecer a análise na tomada de decisões, buscando engajamento e colaboração. “Escutar é uma habilidade que enriquece a compreensão de fatos e pessoas. Possibilita a construção coletiva de soluções mais adequadas a problemas complexos”, resume o palestrante.

Em seguida, Thiago Costa, coordenador do Laboratório de Gestão do Comportamento Organizacional, da Universidade Federal do Pará (UFPA), promoveu exercícios para discussão dos desafios, como definição de prioridades, estruturação de competências, interação no ambiente de trabalho, obediência a fluxos e procedimentos, comunicação interna, agilidade e proatividade, que fazem parte das buscas identificadas pelos participantes da oficina.

Foto: Ascom/Semas“Promover a integração entre as unidades da Semas e elaborar uma agenda mínima para 2022 é o objetivo dessa atuação”, garante Thiago Costa.

Propostas

Grupos foram formados para definir metas para este ano, entre eles, pode-se listar, preliminarmente, a capacitação contínua de servidores, aprimoramento da comunicação interna, viabilização de concurso público, criação de banco d estados de licenciamento ambiental, entre outros.

A gestora vinda do Núcleo Regional de Redenção, no sudeste do estado, Adriana Sales, parabenizou o evento. “Volto com oxigênio, para explicar aos colaboradores como as coisas funcionam. Penso que foi muito positiva a oficina, e que venham mais eventos como esse, para aprendermos mais”, sustenta a gestora.

“Essa foi uma oportunidade muito interessante, de conviver com pessoas e apresentar propostas, mesmo durante o cafezinho. Essa forma de interagir, além da maneira virtual, dá bons resultados”, elogia o diretor de fiscalização, Jorge Silveira. A assessora, Andrea Coelho avaliou que esta é uma boa oportunidade de apresentar novas ideias, que podem ser simples, mas muito importantes, uma demonstração de alinhamento”, afirma a assessora.

O secretário de meio ambiente e sustentabilidade, Mauro O’de Almeida avaliou positivamente a iniciativa, que possibilitou um resultado muito bom. “O objetivo de todos se conhecerem foi alcançado. Identificamos o que deve ser feito e aglutinamos nossas demandas, para fazer uma demanda coletiva. Mantemos vivo e contínuo nosso planejamento, com honestidade, competência e espírito colaborativo”, comemora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui