Saúde: CTA realiza campanha Julho Amarelo de prevenção e diagnósticos de hepatites virais

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) realiza no dia 1º de julho a abertura da campanha Julho Amarelo,  com o objetivo de prevenção e diagnóstico precoce das hepatites virais.  A programação terá início às oito horas, no auditório do Cine Marrocos, aberto para a população, profissionais e estudantes da área de saúde. Durante a programação estará disponível a imunização com a vacina contra hepatite B, realizada pela equipe de saúde do extra muro.

“A campanha será realizada durante todo o mês de julho, sendo estendida para alguns pontos estratégicos como ações durante o veraneio, na praia do Tucunaré, com testagem rápida”. Explica Katiane Chaves, coordenadora do CTA/ SAE.

Katiane Chaves, coordenadora do CTA/ SAE, informa que a campanha será realizada durante todo o mês de julho

O CTA é o órgão responsável pelo tratamento das hepatites virais que atende pacientes de Marabá e também de outras cidades que fazem parte da 11ª Regional de saúde. Atualmente são mais de novecentos casos em atendimento.

A partir de 15 de julho, serão realizadas ações noturnas em unidades básicas de saúde dos núcleos de Morada Nova, Cidade Nova e São Félix, para facilitar o acesso ao exame às pessoas que não conseguem ir ao CTA durante o dia.

Em 28 de julho, Dia Nacional de Combate às Hepatites Virais, acontecerá uma capacitação para os seguintes profissionais: cabeleireiro, tatuadores e esteticistas, com direito à entrega de certificados.  As hepatites são doenças que afetam o fígado. Trata-se de uma doença silenciosa, com alguns sintomas característicos como urina escura, náusea, dor abdominal entre outras. A Faixa etária predominante, segundo estatística do CTA, engloba jovens entre 16 a 36 anos. “O índice aumenta a cada ano e o nosso objetivo é de fato alcançar pessoas que vivem com hepatites,  intensificando as ações nesse período”, acrescenta Katiane.

A prevenção pode ser feita através de rotinas diárias que inclui higienização das mãos e dos alimentos, vacina contra hepatite B e uso de preservativo.

A população está convidada a participar da abertura na próxima sexta-feira, 1º de julho, para obter maiores informações de forma clara acerca da prevenção que pode salvar vidas. O CTA oferece acampamento e tratamento gratuito das hepatites virais.

Texto: Susana Galvão 
Fotos: Paulo Sérgio e Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui