Reforma na cobertura do Cinema Olympia já começou e será concluída em 50 dias

Sem Descrição

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), iniciou nesta semana os serviços de recuperação da cobertura do Cinema Olympia, na avenida Presidente Vargas, no bairro da Campina.

O serviço realizado consiste na recuperação da cobertura do telhado, retirada das telhas e madeiras danificadas, recuperação e impermeabilização das calhas. A previsão de conclusão da obra, que tem o custo de R$ 228.066,65, é de 50 dias.

Segundo a coordenadora de Patrimônio Histórico da Seurb, Débora Leite, os serviços realizados estão de acordo com a análise e aprovação dos demais órgãos patrimoniais – Instituto do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional (Iphan), Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel).

“Nossa preocupação é com a qualidade do serviço. Nossa equipe do Departamento de Obras da Seurb vai acompanhar e fiscalizar diariamente essa etapa da obra. A recuperação da cobertura do telhado do Cinema Olympia está sendo feita em conjunto com a Fumbel, para que em breve o cinema possa reabrir suas portas para o público”, afirma o secretário Municipal de Urbanismo, Deivison Alves.

Histórico – Prestes a completar 110 anos, o Cinema Olympia é o cinema ativo mais antigo do Brasil. A construção do espaço ocorreu em virtude do intercâmbio econômico com a Europa e Estados Unidos, por conta das exportações da borracha no início do século XX.

Inaugurado em 24 de abril de 1912, no auge do cinema mudo, a sala era considerada uma das melhores, mais luxuosas e modernas de seu tempo. Os órgãos da Prefeitura de Belém estão atentos e dispostos a salvaguardar um patrimônio tão importante para o município.

“A prefeitura cumpre a sua missão institucional, prometida no início da gestão, de iniciar a reforma de um prédio tão importante para a história de Belém. Iniciamos a partir do telhado, que é a situação mais comprometida deixada pela gestão anterior, e vamos fazer de forma correta e com a autorização dos órgãos de patrimônio, para que a gente possa executar o restauro do Cinema Olympia de forma exemplar”, informa o presidente da Fumbel, Michel Pinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui