Projeto Esporte é Vida atende crianças da Pratinha II

Ao todo, os atletas paraenses conquistaram nove medalhas, sendo seis de ouro e três de prata. “Gostaria de agradecer primeiramente a Deus e depois a secretária Renilce Nicodemos que vem apoiando nossa participação em eventos”, disse João Benedito. O projeto Esporte é vida usa o Jiu-Jitsu como ferramenta de inclusão social para 40 crianças do bairro da Pratinha II de forma gratuita. Atualmente, o projeto funciona na residência do professor Jessé Tavares Lobo, fundador do projeto em 2012, e atleta paraense medalhista em diversas competições.

Para maiores informações sobre o funcionamento do projeto pode ligar para Jessé Tavares – 98073 9869.