Projeto de Reforma do Complexo do Guamá é apresentado aos feirantes

Um dos maiores e mais representativos complexos de abastecimento de Belém, com 1.974,15 m2 de área, será totalmente reformado pela Prefeitura de Belém e Governo do Estado. Como parte desse processo, a Secretaria Municipal de Economia (Secon) apresentou aos trabalhadores, comerciantes e à população, o projeto de revitalização do Complexo de abastecimento do Guamá.

Beneficiados – Ao todo, 579 trabalhadores, entre permissionários da Secon e auxiliares, que atuam diretamente nas diversas atividades econômicas no Complexo, serão beneficiados com a reforma, além da população que mora no Guamá e frequenta o mercado. O bairro é um dos mais populosos da capital com cerca de 90 mil habitantes.

Recursos – Pelo projeto apresentado à população no Lar Fabiano de Cristo, na noite desta sexta-feira, 01, a revitalização do Complexo do Guamá engloba toda a parte estrutural, elétrica e sanitária. O investimento total para reformar o mercado será de R$ 8.444.325,54.

Ainda como parte da recuperação do Complexo de Abastecimento do Guamá, os permissionários deverão ser remanejados para pontos próximos ao mercado, enquanto a obra é realiza na parte interna.

“Temos que ter paciência, porque essa mudança é provisória e precisamos nos adaptar para algo melhor que estar por vir”,  diz Maria Viana Gomes, que há 37 anos trabalha vendendo camarão no Complexo.

Telma Castro atua no setor de refeição do mercado há 40 anos. A atividade passou de mãe para filhas. “Trabalho com minhas irmãs e queremos muito ver esse mercado digno para todas nós. Espero finalmente que esta reforma dê certo”, diz a comerciante.

Revitalização – Ao todo, 17 mercados municipais serão totalmente reformados pela Prefeitura de Belém e governo estadual. Na primeira etapa, os seis mercados municipais que vão receber as reformas são: Mercado de Farinha do Guamá, Complexo da Pedreira, Feira e Mercado da Pedreira, Mercado da Terra Firme, Mercado Municipal de Icoaraci e Complexo do Guamá. O poder público está investindo R$ 47.892.010,97 somente nesses espaços.

Audiências – O Complexo do Guamá já encerrou o ciclo de audiências públicas nas seis feiras e mercados, que serão reformados nesta primeira etapa.

O secretário municipal de Economia, Apolônio Brasileiro, avalia as seis audiências realizadas como um grande ato participativo e democrático em que todos e todas puderam opinar diretamente nas intervenções que serão realizadas nos espaços.

“Além disso, foram escolhidos pelos próprios trabalhadores uma comissão que vai acompanhar todo o processo de reforma, provando mais uma vez o compromisso da Prefeitura de Belém com quem de fato atua no dia a dia desses mercados”, destacou o Titular da Secon.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui