Programa Polo Joalheiro apresenta joias inspiradas no Círio de Nazaré

Nesta quinta-feira (23) a população paraense ganhará no Espaço São José Liberto um novo ponto de venda exclusivo para as joias inspiradas no Círio de Nazaré, a maior festa religiosa do Pará. A abertura da loja Joias do Círio reunirá 860 joias criadas e produzidas por designers, empreendedores criativos, produtores e ourives paraenses. O Espaço São José Liberto fica na Praça Amazonas, s/n, no bairro do Jurunas, em Belém.

Uma das mais antigas e sólidas manifestações religiosas do Brasil, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré ultrapassa o universo da devoção mariana na Amazônia, traduzindo-se também como uma festa cultural do povo paraense.

Diretora executiva do Espaço São José Liberto, Rosa Helena Neves afirma que o Círio de Nazaré é uma fonte inesgotável de inspiração para designers, micro e pequenos empreendedores de joias que participam do Programa Polo Joalheiro do Pará desde 2003, com coleções de joias religiosas denominadas ‘Joias de Nazaré’.

“Ao longo de 16 anos de produção interrupta de joias religiosas, as peças ganharam beleza, sofisticação e diversificação de linhas onde foram criadas joias para crianças, por exemplo”, destaca a diretora Rosa Helena Neves.

Mergulhado em um universo criativo e de devoção por meio da criação de joias do Círio, este grupo de designers, ourives, lapidários e microempresários consolidaram um mercado de colecionadores anônimos que a cada ano frequenta o Espaço São José Liberto para adquirir mais uma joia rara com a temática do Círio.

De acordo com o Espaço São José Liberto, as joias produzidas abordam as diversas dimensões da festa do Círio de Nazaré, falam da essência da devoção, das histórias de fé dos romeiros e não deixam de apresentar ícones da cultura particular amazônica, a exemplo de imagens de santos em formas de brincos, anéis, pingentes e escapulários. Também há mantos, berlindas, anjos, cruz, velas, cordas, brinquedos de miriti, objetos de promessa, casas, barcos, bandeiras, flâmulas etc.

O acervo da loja Joias do Círio tem peças de 18 empresas formais e de 15 empreendedores informais, sendo 11 designers, 3 produtores e 1 ourives.

Participam da loja Joias do Círio as seguintes empresas: Amazon Art, Amajoia, Artgold, Ourivesaria Gaia, Hannah Mariah, Bellart, BL Joias e Acessórios, Camilla Amarall, Francisca Sales, Jod Joias, José Leuan, Yemara Atelier, Celeste Heitmann, Ivete Negrão, Marcilene Rodrigues, Moa-Aran Joalheria, Rosa Leal, Stefani Sales.

Entre os empreendedores criativos, estão Ana Cassia Lima, Altairley Mendonça, Circe da Silva, Fábio Monteiro, Francileudo Furtado, Ivan Pereira, Ismael Ferreira, Jorge Gabriel da Conceição, Laise Lobatto, Lucia Costa, Nilma Arraes, Rayan Queiroz, Rosáurea Simões e Vivianne Gonçalves.

A gestão da loja Joias do Círio é do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME) e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), organização social que gerencia o Espaço São José Liberto.

A loja também comercializará as joias criadas por estudantes do curso de Design de Produtos da Universidade do Estado do Pará (UEPA) que integram o Projeto Lua Nova, iniciativa desenvolvida pela Sedeme e IGAMA.

O Espaço São José Liberto também trabalha para incrementar as cadeias produtivas setoriais com vistas a potencializar a formação de novos empreendedores com geração de trabalho e renda.

SERVIÇO

Loja Joias do Círio no Espaço São José Liberto – entrada pelo Jardim da Liberdade, com funcionamento de terça a sábado, de 10h às 16h, e aos domingos, de 10h às 14h, durante o mês de julho.

O Espaço São José Liberto fica na Praça Amazonas, s/n, no bairro do Jurunas, em Belém.