Prefeitura garante instalação de computadores em todas as escolas da rede municipal no prazo de dois anos

Semec quer garantir as condições materiais necessárias à manutenção de uma educação de qualidade nas 203 unidades educativas.

Até 2024 a Prefeitura de Belém vai instalar computadores e equipamentos de projeção em cada sala de aula da rede municipal de ensino de Belém. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) já trabalha na preparação de processo licitatório para a aquisição dos itens. O objetivo da secretária municipal de Educação, Márcia Bittencourt, é garantir as condições materiais necessárias à manutenção de uma educação de qualidade nas 203 unidades educativas da Semec.

“Um dos formulários que enviamos aos gestores foi para saber se tinham computadores nas escolas. E pasmem, 35 escolas disseram que não tinham nenhum computador. Então vamos chegar às escolas, assim como chegamos com ventilador, material de cozinha, com reforma. Nós vamos chegar com vários equipamentos”, destacou Márcia Bittencourt, reforçando a importância dos gestores preencherem os formulários encaminhados pela diretoria de educação, responsável pelo levantamento das demandas.

Enquanto o processo licitatório é elaborado para atender toda a rede de ensino, a Semec supre as necessidades administrativas das escolas de Educação Infantil por computadores, garantindo condições para que os servidores desses espaços trabalhem com mais conforto e qualidade.

Nesta quarta-feira, 22, durante a reunião de alinhamento do fim do primeiro semestre, realizada no auditório da Faculdade Estácio Belém, foram entregues 35 computadores aos gestores de escolas de Educação infantil. A meta é entregar 100 computadores a essas unidades.

Prioridade

É a primeira vez que a garantia de equipamentos de informática para as escolas de Educação Infantil é priorizada pela Prefeitura de Belém. As unidades atendem crianças de 6 meses a 5 anos de idade e este nível de ensino não dispõe de verba federal própria para infraestrutura tecnológica.

Com os computadores, os espaços educativos vão poder sistematizar com mais precisão os processos avaliativos do atendimento às crianças, acessar o Sistema de Informação de Gestão Acadêmica da Semec (Siga Semec), elaborar projetos e realizar pesquisas com mais autonomia.

“A entrega dos equipamentos parece algo simples porque o que é um computador diante de toda essa revolução tecnológica que vivemos hoje? Mas para as unidades de Educação Infantil passou a ser uma ferramenta importante. É um passo muito significativo”, afirma coordenadora da Educação Infantil da Semec, Heloísa Nóbrega.

Conquista

Heloísa recorda que quando atuava como técnica de referência assessorando as escolas, a coordenadora pedagógica Célia Vale, da antiga Unidade de Educação Infantil Maguari, hoje Escola Municipal de Educação Infantil Gênesis, produzia os documentos manuscritos e um professor com acesso a um computador, os digitava.

A escola de Célia, que sonhava em ver a rede de ensino melhorar antes de chegar à aposentadoria, foi uma das contempladas com o equipamento. “Nós fazíamos manuscrito, outras vezes pedíamos para outros colegas digitarem, depois comprei um computador para a minha casa, mas nunca deixamos de fazer as demandas da escola. Um computador faz muita falta dentro do espaço, porque com ele a gente ganha tempo, qualidade de trabalho, os pais são melhor atendidos”, disse.

A diretora da Unidade de Educação Infantil Wilson Bahia, localizada no bairro do Curió-Utinga, diz que nos dez anos em que atua na rede nunca viu computadores nos espaços de Educação Infantil. “É uma ferramenta fundamental. Às vezes a gente recebia doação ou usava o nosso equipamento pessoal. Então, receber um computador é histórico para a gente”, disse Maria Paula Ferreira Maia da Silva.

A Semec também abrirá processo licitatório para a compra de tablets, que vão auxiliar estudantes e professores nas atividades pedagógicas.

Programa Wi-Fi Educação em 62 unidades escolares

A Semec aderiu ao Programa Wi-Fi Educação, iniciativa que reúne os esforços do Programa Wi-Fi Brasil, do Ministério das Comunicações (MCom), e do Programa Educação para o Futuro, da Fundação Banco do Brasil. Serão atendidas inicialmente 62 unidades escolares. As escolas municipais de Belém incluídas no programa receberão pontos de acesso à internet de alta velocidade.
A parceria garante o direito à inclusão digital nas escolas de Belém e formação continuada aos professores, disponível por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem do MEC (Avamec), criado pelo Ministério da Educação (MEC).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui