Com a necessidade de implantar e ampliar serviços para as mulheres da capital, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, entregou no dia 12 de janeiro as novas instalações do serviço de referência especializada. O novo prédio, que recebeu o nome de Unidade de Referência Especializada em Atenção à Saúde da Mulher Dra. Carmem Silvia Fernandez Pereira, e passou a funcionar no dia 21 de janeiro, na Rua João Balbi, 1.113. A inauguração fez parte da programação do aniversário de Belém, que completou 403 anos.

URE Saúde da Mulher

Construída com recursos do tesouro municipal, a obra recebeu o investimento de R$ 2.666.917,25. A nova Casa ampliou a oferta de ações e serviços na atenção à saúde da mulher, garantindo mais acesso às ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde, promovendo a redução da morbimortalidade por câncer de mama e colo de útero e acompanhamento de gestantes no pré-natal de alto risco. A URE Saúde da Mulher ampliou sua capacidade de atendimento de 3 mil para 5 mil mulheres ao mês

e de 14 mil para 18 mil procedimentos ao ano.

Durante a inauguração, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, destacou a importância do espaço que foi entregue à população no dia do aniversário da cidade.

URE Saúde da Mulher

“Fico muito feliz. Aqui não é uma pequena casa da mulher, é uma ‘mansão’ da mulher. Com toda a infraestrutura necessária e profissionais qualificados para atender com dignidade dentro do Sistema Único de Saúde, certamente até melhor do que muito plano de saúde”, elogiou o gestor.

Na oportunidade Zenaldo Coutinho anunciou que até o final de janeiro fará a entrega de mais um hospital reformado e ampliado, com centro cirúrgico e UTI. “É um avanço na saúde que a gente quer consolidar, pois o Hospital Samaritano voltará para a população totalmente novo. Belém ganha esse presente, sobretudo as mulheres de Belém, que a gente quer atender aqui, garantindo a qualidade de vida e saúde”, afirmou.

URE Saúde da Mulher

A unidade atende pacientes referenciadas através das unidades básicas de saúde. Também passará a ofertar exame por imagem de densitometria óssea, ampliou o serviço de ultrassonografia e os atendimentos especializados incluem programas voltados para as mulheres lésbicas e adolescentes com encaminhamento.

A Casa continua atendendo os serviços de planejamento reprodutivo, climatério, endocrinologia, enfermagem, psicologia, serviço social, patologia cervical, mastologia, pré-natal de alto risco, nutrição, diagnósticos por imagem (mamografia e ultrassonografia), tratamento de IST’s (Infecções Sexualmente Transmissíveis) para elas e seus parceiros, urgência ginecológica (cirurgias de baixa complexidade), ao acolhimento às mulheres vítimas de violência sexual e doméstica.

URE Saúde da Mulher

O médico ginecologista e obstetra, Antônio Carlos Pereira, 66 anos, é um dos profissionais que exercem a profissão na Unidade Saúde da Mulher e, com a nova instalação, ele se disse feliz. “Estou surpreso com tudo o que este local compõe. Isso realmente é um avanço para a saúde no município e dará um apoio grande às mulheres, especialmente as carentes, que vão saber da existência e preocupação com um câncer, que mata milhares de mulheres. A cidade de Belém está de parabéns”, declarou.

Para o titular da Sesma, Sérgio Amorim, Belém teve um avanço significativo na saúde. “Em 2013 quando o Prefeito Zenaldo assumiu a gestão, tínhamos um serviço de saúde totalmente sucateado. Hoje, seis anos após, já realizamos reformas e ampliações em mais de sessenta unidades de saúde, entre unidades básicas e unidades de saúde da família e casas especializadas. Fizemos um novo Pronto Socorro Mário Pinotti, assim como no hospital geral de Mosqueiro, que há 34 anos não recebia uma reforma. Enfim, são diversos serviços avanços e a comprovação de um trabalho sério e coletivo. Nosso desejo agora é que a população nos ajude a cuidar e manter este local”, salientou o secretário.

Homenagem

A URE Saúde da Mulher recebeu o nome da conceituada médica Dra. Carmem Silvia Fernandez Pereira, que se dedicou às causas das crianças e das mulheres. Foi vítima de um câncer de ovário, raro e silencioso, mas muito agressivo, que a fez perder a vida precocemente. Era especialista em pediatra, mastologista, ginecologista e obstetra e sempre atuou em urgência e emergência.

Dra. Carmem era formada pela Universidade Federal do Pará, foi estagiária e médica efetiva do HPSM Mário Pinotti. Atuou também como pediatra na Santa Casa e Hospital Abelardo Santos, Clínica Pediátrica do Pará, Santa Teresinha, Maternidade São Lucas, Unimed e Sócia Fundadora da Assimed.

Era referência de profissional ética, dedicada, responsável e carinhosa. Ao descobrir o câncer de ovário, foi guerreira e nunca perdeu o entusiasmo pela vida, sempre tinha uma palavra, um gesto para aliviar ou minimizar o sofrimento do ser humano. Passou por várias cirurgias de grande porte e muitas sessões de quimioterapia e lutou bravamente contra a doença por onze anos.

Luisa Fernandez, 57 anos, é irmã da médica homenageada. Enquanto visitava as dependências da Unidade fez questão de ressaltar sua felicidade pela homenagem à irmã, mas também pela qualidade do espaço entregue. “É uma alegria ver a Carmem homenageada, porque ela exercia a profissão com tudo o que ela tinha de melhor, desde seu tempo de estágio. Este espaço tá tão bonito e completo com salas de laboratório, exames diversos. Enfim, que as pessoas possam conservá-lo, pois este local é um espaço para nós, mulheres, que precisamos da atenção especializada”.

Serviço

URE Saúde da Mulher

Funciona de segunda a sexta-feira, de 7h às 19h.

Atende pacientes encaminhadas pelos estabelecimentos de saúde.

Rua João Balbi, 1.113

São Bras-Belém