Pará+

Prefeitura desenvolve ferramenta para armazenar arquivos digitalizados

No mês de agosto deste ano, a Prefeitura Municipal de Belém, por meio do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Belém (IPMB), vai contar com uma nova ferramenta tecnológica para armazenamento de arquivos gerados a partir da digitalização de documentos físicos. Denominado como Mitra, o novo sistema objetiva dar um fim à tramitação de processos físicos em papel na entidade previdenciária do Município de Belém.

A nova ferramenta foi desenvolvida pela equipe do Núcleo de Tecnologia da Informação (Nuti) do instituto e atende a uma demanda da presidente do IPMB, Edna D’Araújo, idealizadora do projeto “Papel Zero”, que está sendo implantado desde 2021.

A ideia é que haja integração entre o Mitra e o sistema Sisprev/WEB – Sistema de Gestão de Regime Próprio de Previdência Social, banco de dados usado para cadastro de informações previdenciárias dos segurados da autarquia municipal -, para que um documento físico, após sua digitalização, possa ser enviado de uma ferramenta para a outra e usado, posteriormente, caso o processo seja reaberto.

O diretor do Nuti, Dhony Vale, explica que, desta forma, todos os processos digitalizados e indexados no Mitra, poderão ser consultados por todos os setores que precisarem ter acesso aos processos. Entre esses processos físicos estão os que foram armazenados no arquivo-morto da Seção de Perícia Médica, como prontuários em geral.

Perícia Médica – A nova ferramenta tecnológica vai contar com um campo específico para armazenar documentos da Seção de Perícia Médica digitalizados.

“Esses arquivos estavam armazenados em pastas do tipo A a Z, localizadas em um espaço no instituto, onde tinham processos físicos por cerca de 20 anos. Somente neste local, mais de dois mil processos armazenados e muitos deles de pessoas já falecidas”, informa Dhony.

Ele diz, ainda, que em outro setor do IPMB, o Departamento de Previdência, 5 mil documentos físicos não precisarão mais ficar armazenados nas salas do setor.

“São memorandos, ofícios e alguns processos administrativos”, detalha o diretor do Nuti, que conta também com a participação dos servidores públicos Pedro Paulo Oliveira e Gilberto Valadares na equipe para o desenvolvimento do projeto.

Belém Inteligente – O Mitra faz parte do programa Belém Inteligente, lançado pela Prefeitura Municipal em de junho deste 2022. O programa tem a missão de sistematizar um conjunto de ações, que apresentam Belém como a cidade da inovação.

Na gestão do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, esta inovação tecnológica inteligente inclui políticas públicas, inclusão social, participação cidadã e combate às mazelas que a afetam a humanidade.

A atual gestão do IPMB está investindo em novos recursos tecnológicos, alguns já foram implantados no IPMB e outros estão sendo desenvolvidos pelo Nuti.

Sair da versão mobile