Prefeitura de Belém comemora sucesso da Escola de Esporte

A Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer ( Sejel), encerrou na manhã desta quarta-feira, 29, as atividades da Escola de Esporte durante o primeiro semestre.

O projeto oferece aulas gratuitas de voleibol, handebol, basquetebol, futsal e karatê no Complexo Esportivo Doroty Stang, no bairro da Sacramenta. 112 alunos foram matriculados neste primeiro semestre.

“Nosso objetivo é oferecer à população a prática de atividades esportivas, de forma segura e organizada, e assim contribuir na formação de crianças e jovens”, pontuou o gerente de esportes da Sejel, Sinomar Naves.

Dança e premiações – A programação de encerramento do primeiro semestre começou com o desfile dos alunos da Escola de Esporte.  Em seguida, houve uma apresentação de atletas de karatê da Academia Machida, que foram campeões brasileiros e sul-americanos, sob o comando do mestre André Sampaio, e uma apresentação do grupo de dança do Centro Social Santo Agostinho, do bairro de Canudos.

Um torneio esportivo movimentou a garotada, que foi homenageada com a entrega de medalhas oferecidas pelo diretor-geral da Sejel, Thiago Costa, e pela secretária municipal de Esporte e Lazer, Carolina Quemel. “Estamos hoje aqui comemorando o sucesso deste projeto, que oferece esporte e lazer com qualidade e afeto à população”, destacou Carolina Quemel.

Longe das ruas – A oportunidade de praticar esportes de forma gratuita é festejada por André Gomes, 14 anos, que frequenta as aulas de voleibol. “Sempre sonhei fazer esporte, mas minha família não pode pagar. Aqui eu tenho esta chance, além da possibilidade de fazer amigos”, revelou o jovem.

O encerramento do semestre da Escola de Esporte teve a presença  da família dos alunos. Nas arquibancadas do ginásio Doroty Stang, pais, mães e avós vibravam com as premiações,  e comentavam os benefícios do esporte proporcionados aos adolescentes.

Desenvolvimento – “Em casa, eles ficam grudados no celular ou vão para a rua. Aqui eles têm a chance de se desenvolver e ficar longe dos perigos”, ressaltou a doméstica Linda Nascimento, avó de dois alunos, de 12 e 13 anos, da escolinha de basquete.

A Escola de Esporte voltará com suas atividades no segundo semestre. Durante a primeira semana de agosto, haverá a divulgação para a matrícula de novos alunos no projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui