Preço do pescado apresenta primeira queda neste ano

O peixeiro Edilson Souza festeja a fartura do pescado e espera vender bastante durante o feridão. "Estou otimista, vamos ter boas vendas", almeja.

O preço do peixe ficou mais barato nos mercados municipais de Belém. Essa é a primeira queda de valor na comercialização do produto neste ano de 2022, segundo os dados apresentados nesta sexta-feira, 13, pela Prefeitura de Belém, através da Secretaria Municipal de Economia (Secon), e Departamento Intersindical de Pesquisas e Estudo Socioeconômicos (Dieese-PA).

O estudo da Secon e Dieese é referente ao mês de abril de 2022 e de acordo com o secretário municipal de Economia, Apolônio Brasileiro, a tendência é de que, a partir de agora, novas baixas de preço aconteçam este ano, devido à sazonalidade do pescado.

O supervisor técnico do Dieese no Pará, Roberto Sena, ressalta que mesmo com a queda verificada no mês passado, a grande maioria das espécies ainda continua em alta e com reajustes bem superiores à inflação, estimada em torno de 4% para o mesmo período.

Espécies que apresentam queda no preço

A pesquisa aponta quedas de preço mais expressivas nas espécies: Tainha com 9,61%, seguida da Pratiqueira com queda de 8,21%; Surubim 6,90%; Aracu 5,80%; Gurijuba 4,00%; Cação 3,73%; Arraia 3,27%; Curimatã 2,96%; Cachorro de Padre 1,85%; Tucunaré 1,74%; Serra 1,54%; Bagre e Peixe Pedra, ambos com queda de 1,49%; Uritinga 1,41% e a Sarda, com queda de 1,29%.

No período de janeiro a abril de 2022 poucas espécies de pescado apresentaram quedas de preços, com destaque para a Pratiqueira, com recuo de 7,15%, e do Tamuatá com recuo de 5,23%.

Já na análise da trajetória de preço dos últimos 12 meses, de abril de 2021 a 2022, a pesquisa mostra que a grande maioria do pescado apresentou alta e com reajustes superiores à inflação, estimada em torno de 12% para o mesmo período. As espécies de pescado com baixas de preços em destaque foram o Aracu, com queda de 3,71%, e a Pratiqueira, de 2,54%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui