O governador Helder Barbalho acompanhou os atendimentos realizados hoje (25) na Policlínica Itinerante que está desde ontem em Cametá, na região Tocantins. A unidade móvel realiza consultas para casos de média e baixa complexidade de Covid-19.

“A Policlínica Itinerante nasceu com a missão de ajudar o interior. Estamos em Cametá e seguiremos de maneira rápida e precoce para fazer o atendimento para os pacientes que estão com síndrome aguda respiratória ainda em estágio leve, para evitar o agravamento e dessa forma evitar que se precise chegar a uma internação”, avaliou Helder.

Moradores da cidade e entorno estão sendo atendidosFoto: Alex Ribeiro – Ag. ParáO chefe do poder executivo paraense explicou que a iniciativa de levar atendimento ambulatorial para tratar casos de síndrome aguda respiratória no interior do Estado, é uma estratégia para enfrentar o avanço do novo coronavírus nos centros que registram elevadas taxas da doença, mas também é voltada para que comunidades do entorno possam ter acesso à saúde.

“Aqui em Cametá, estamos atendendo a cidade, mas também estamos à disposição e chamando os moradores das ilhas, das comunidades ribeirinhas, pescadoras e pescadores para que possam atender a todos que aqui moram”, explicou o governador do Estado.

Durante a agenda, Helder vistoriou os espaços onde ficam os consultórios e também as áreas onde são realizados os atendimentos. O Governador conversou com os pacientes que contaram como foram recebidos. Parte da população que buscou auxílio médico é moradora da zona rural de Cametá, municípios vizinhos e de ilhas da região.

Seu Manoel Marques é de Carapajó. O pescador conta que veio de balsa em busca de consulta. O senhor de 55 anos foi atendido e diz que quando voltar pra casa vai recomendar o serviço aos vizinhos. “Eu tava precisando muito. Amanhã eu tenho fé em Deus que vou trazer a minha mãe. Foi muito bom o atendimento, o médico perguntou o que estava sentindo e eu contei. Quando voltar pra casa, vou avisar aos vizinhos sobre essa ação”, contou, agradecido, o ribeirinho.

O objetivo do Governo do Pará, com esta ação, é dar suporte de atendimento à saúde aos municípios com os maiores números de casos de Covid-19. A equipe que participa da iniciativa que percorre as cidades do estado é formada por 40 profissionais entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Entre os envolvidos na ação, estão os médicos que solicitaram a antecipação da formatura para Universidade do Estado do Pará (UEPA).

O trabalho dos médicos é acompanhado pela gestão da Policlínica Itinerante. Dr. Sipriano Ferraz, Coordenador de Contingência da Policlínica do Estado, afirma que os profissionais seguem todos os protocolos e diretrizes orientadas: “Um dos diferenciais dessa equipe é o contato humanizado com os pacientes, o diálogo direto. Vemos talentos e profissionalismo de quem está com todo gás para trabalhar sábado, domingo e todos os dias. Essa iniciativa tem sido muito positiva para eles e principalmente para a população paraense que está sendo atendida”.

Medicamentos

Azitromicina, hidroxicloroquina e cloroquina integram o protocolo terapêutico do Ministério da Saúde para o tratamento da doença e também são disponibilizados na Policlínica Itinerante. A decisão final do uso cabe aos pacientes, a partir de prescrição do médico, que também deve informar os efeitos colaterais.

Atendimento simultâneo

A cidade de Cametá é a quarta a receber a estrutura de saúde móvel voltada para atender os casos de média e baixa complexidade da doença. A Policlínica Itinerante atende, pela primeira vez, simultaneamente, dois municípios do Pará. O Governo do Estado iniciou no dia 23, o atendimento Itinerante na cidade de Bragança, no nordeste paraense.

No interior do Estado, o projeto iniciou os atendimentos no dia 14 de maio, em Santo Antônio do Tauá, onde foram realizados 700 atendimentos. Castanhal foi a segunda cidade a receber a unidade móvel que atendeu 1.500 pessoas. Em Bragança, em dois dias foram registrados 880 atendimentos. Em Cametá, no primeiro dia, ocorreram 428 atendimentos

Serviço: Policlínica Itinerante Cametá, instalada no Centro Esportivo (em frente ao Hospital Regional do Município).