Pará+

Participantes do Fórum Social conhecem a atual gestão de saneamento na capital paraense

A Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) também está na 10ª edição do Fospa, com os projetos Novo Sistema de Limpeza Urbana, Gestão e Destino Final dos Resíduos Sólidos; Ecopontos, para o recebimento de descarte irregular de resíduos sólidos em Belém; e Parque Agroflorestal Comunitário Igarapé São Joaquim.

O evento será realizado no campus da Universidade Federal do Pará (UFPA), no bairro do Guamá, e conta com o apoio e participação da Prefeitura de Belém, reunindo os nove países que integram a Pan-Amazônia – Brasil, Venezuela, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa e Suriname, com o objetivo de debater questões relacionadas à região amazônica.

Parque Agroflorestal Comunitário Igarapé São Joaquim – A Prefeitura de Belém, por meio da Sesan, em parceria com o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), realizaram um concurso nacional para projetos de Requalificação Urbana Ambiental e Tratamento Paisagístico no Entorno do Igarapé São Joaquim, na bacia do Una.

Para a escolha do projeto vencedor, a organização do concurso considerou como critério os eixos ambiental, mobilidade e acessibilidade urbana, social, econômico e ambiência amazônica, além de arquitetura paisagística.

O projeto selecionado, chamado de Projeto Parque Agroflorestal Comunitário São Joaquim, consiste em um sistema agroflorestal, tornando o igarapé navegável, como meio de transporte, onde terá espaço para equipamentos flutuantes, ciclovias e um portal onde será possível presenciar o pôr do sol às margens do Igarapé.

Pela proposta, o projeto também possibilita a recuperação de vias no entorno da área. A previsão é que as obras do parque, que terá área de 6,48 hectares e 4,6 km de extensão.

Ecopontos – Em 2021 a prefeitura de Belém mapeou e identificou cerca de 260 pontos de descarte irregular de resíduos sólidos em Belém. A partir daí, por meio da Sesan, deu-se início ao processo licitatório dos três ecopontos, que correspondem aos pontos de recebimento desses resíduos.

Dois já estão em construção, um na José Bonifácio com a avenida Bernardo Sayão e outro na área do Igarapé São Joaquim. O terceiro será construído na estrada do Bagé, no Catalina.

A expectativa é que ecopontos reduzam o descarte irregular e a quantidade de resíduos jogados em vias e canais. Além disso, o órgão municipal de Saneamento mantém o Zap-Entulho para retirar, gratuitamente, o equivalente a 1 metro cúbico de entulho da casa de um cidadão. O serviço funciona, exclusivamente, pelo whatsapp (91) 98499-0059.

Limpeza Urbana e Destino dos Resíduos Sólidos – O novo projeto de limpeza urbana, gestão e destino final dos resíduos sólidos, que prevê a modernização e amplitude dos serviços de limpeza urbana e coleta de lixo domiciliar, está em fase de apresentação dos estudos e tem como meta entrar em operação até o final de 2023.

Sair da versão mobile