Paraense de Soure é premiada como a melhor cabeleireira do Brasil

Adriana Fonseca Silva, paraense moradora da cidade de Soure, na ilha do Marajó, no estado do Pará, foi eleita a melhor cabeleireira do Brasil, em um concurso nacional. O resultado foi divulgado na noite da última quarta-feira, 25, em São Paulo, por meio das redes sociais do evento, devido a pandemia do coronavírus.

Adriana concorreu com outros 60 cabeleireiros de todas as regiões do Brasil na sua maioria dos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste, que foram julgados por um júri composto de especialistas do ramo. A paraense conquistou a tríplice tesoura, reunindo prata, ouro e diamante.

Considerado o mais cobiçado título para os profissionais da beleza, a final do concurso era para ter ocorrido numa grande noite de gala, mas devido a pandemia ficou mesmo só pela internet.

Adriana explica que na primeira votação, feita por cabeleireiros de todo país e mais do Uruguai, três dos concorrentes ficaram empatados, mas somente um deveria ser o eleito. Entre os três ela estava incluída.

O vídeo que ela enviou durante o período da inscrição foi devidamente avaliado pelos profissionais do júri e escolhido como o vencedor.
“Este prémio é o mais cobiçado entre os cabeleireiros profissionais e veio pra nós. Nem estou acreditando nisso. Só Deus mesmo”, disse Adriana comemorando a façanha inédita para o estado do Pará.

“A escolha coloca o estado do Pará em destaque no mundo da beleza, e a cidade de Soure como grande referência. Agora, os demais profissionais passam a se espelhar, acreditando que é possível um profissional do interior do Pará, no norte do Brasil, ser eleito o melhor entre os melhores”, comemora Adriana.