Moradores de Marituba na expectativa pela entrega da 3ª Usina da Paz do TerPaz

A ser entregue em breve, a Usina da Paz de Marituba, no bairro Nova União, será a terceira unidade construída pelo Governo do Pará. O complexo comunitário ainda está em obras e segue em ajustes finais para a entrega, quando será integrado ao programa Territórios Pela Paz (TerPaz), que mescla ações de Segurança Pública com ações de Promoção Social.

No espaço, localizado no final da rua Bom Sossego, no Setor V, serão promovidos mais de 80 serviços gratuitos, disponibilizados pelos órgãos e entidades parceiras do Estado, como espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade.

“Estamos resgatando e garantindo a presença permanente do Estado, com a atuação intensa e multisetorial de secretarias e órgãos governamentais, e, ao mesmo tempo, inserindo um conceito novo de segurança pública, realizada pela Segup e pelas polícias – que vêm fazendo um trabalho excelente aqui no Estado, reduzindo os índices de violência e de criminalidade – mas também pela rede social do governo, se qualificando e se sustentando pela inclusão social e pela geração de oportunidades para os membros das comunidades”, destaca Ricardo Balestreri, titular da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac).

“As pessoas que moram nessas áreas são pessoas boas, honestas, trabalhadoras e criativas, para as quais só faltam oportunidades, chances de mostrar o seu valor. Então, o Estado está ali criando essas oportunidades, em um programa que, seguramente, será o maior desse tipo no Brasil e um exemplo para a América Latina”, reforça o gestor.

Trabalhadores finalizam os serviços na UsiPaz de Marituba que estará disponível à população, de terça-feira a domingoFoto: Marcelo Seabra / Ag. ParáInicialmente, o funcionamento do complexo deve seguir o padrão das unidades já em atividade, em Ananindeua (Icuí-Guajará) e Belém (Cabanagem): de terça a sexta, de 8h às 22h; e aos sábados e domingos, de 8h às 18h. Em breve, serão divulgadas as inscrições dos cursos e atividades da Usina da Paz Marituba. O morador poderá fazer a inscrição presencialmente na recepção da Usina da Paz.

PARCERIAS E OPORTUNIDADES – À frente da gestão da Escola Estadual Dom Calábria, localizada no bairro São Francisco, a pedagoga e atual gestora da unidade, Socorro Bandeira, conta que a parceria com o TerPaz se deu no ambiente escolar desde o início do projeto, ainda em 2019.

Imagem interna de um dos espaços da UsiPaz de MaritubaFoto: Marcelo Seabra / Ag. Pará“Estamos falando de perspectiva de oportunidades, a escola não tem como dar conta de tudo. Abraçamos todas as demandas possíveis, mas na Usina é que teremos um seguimento para os alunos que concluem os Ensino Médio, um encaminhamento”, avalia Socorro.

A professora Maria José Ferreira também atua na gestão da escola, há mais de dez anos. “O TerPaz é de grande valia desde o começo, abraçamos as atividades todas, a unidade escolar não parou durante a pandemia porque sabíams das necessidades dos alunos. Conseguimos agregá-los em cursos e outras atividades, já estamos colhendo os frutos. Nunca houve projeto assim, macro, então nossas expectativas pela Usina são as melhores”, afirma.

Além de morador do município, Edinaldo Soares faz parte da rede local do TerPaz Marituba. Ele se emociona ao confirmar que hoje a população vive uma realidade bem diferente e menos violenta.

“Antes esse espaço onde está sendo construída a Usina era considerado, nos notíciários, uma área perigosa, e a gente era muito discriminado por isso. Mudou com a presença do governo, mudou a vida das pessoas, da comunidade, percebemos ruas melhores, pessoas sendo atendidas em serviços de cidadania, saúde, prática esportiva, qualificação profissional. A UsiPaz vai contribuir mais ainda para que sejamos uma cidade próspera”, reconhece.

E o filho do vendedor ambulante Giovani Braga de Lima quem está na maior expectativa pela inauguração da UsiPaz de Marituba. O motivo é todo o espaço que o garotinho terá disponível para brincar bastante. “A gente vivia muito isolado aqui, sem apoio de nada, e tudo isso, o TerPaz, a Usina, veio melhorar nossa situação de vida. Meu filho pequeno vai adorar, gosta muito de brincar mas não antes tinha espaço apropriado”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui