Mapeamento de áreas é o primeiro passo da regularização fundiária

O mapeamento realizado por meio de drone nas comunidades delimitando as áreas residenciais é o primeiro passo para a regularização dos imóveis. O programa Ananindeua Legal, coordenado pela Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), chegou na manhã desta quinta-feira, 04, a Comunidade Floresta Park, no bairro Levilândia, onde mais de 1.100 famílias receberão o título de propriedade após a conclusão dos trabalhos.

Após este levantamento técnico, serão realizados o cadastramento social dos moradores da área, a organização administrativa dos documentos e por último, a entrega dos títulos dos imóveis. Todo esse processo dura em média seis meses.

O programa tem o objetivo de transformar o município em referência na Regularização Fundiária Urbana (Reurb), entregando mais de 50 mil títulos definitivos de propriedades até o fim da gestão.

Foto: Ricardo AmanajásA regularização representa uma série de vantagens para os proprietários dos imóveis. Isso inclui: garantia de segurança jurídica do imóvel; facilita a obtenção de financiamentos para melhorias; acesso aos serviços públicos da cidade.

Desde janeiro do ano passado até julho de 2022, o programa já entregou mais de 17 mil títulos de propriedade em 21 áreas do município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui