Mais de 70% da população vacinável de Belém já tomou a segunda dose contra a Covid

O Distrito Federal começou a vacinar pessoas com 49 anos a partir de hoje. A vacinação contra a Covid-19 começou no dia 19 de janeiro e o DF já recebeu 1.455.070 doses de imunizantes.

Moradores de Belém que ainda não tomaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19 precisam completar o esquema vacinal.  Quem já pode tomar a dose de reforço também deve procurar o local de vacinação mais próximo, o quanto antes. A terceira dose é aplicada quatro meses depois da segunda. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ressalta a importância de se completar o ciclo vacinal.

“A região norte merece a nossa atenção especial. Eu preciso pedir a vocês para tomar a segunda dose da vacina. E aqueles que tomaram a segunda dose, procure tomar a dose de reforço. Só assim, nós vamos ser efetivos em evitar formas graves dessas doenças, não só aqui na região norte, como no Brasil.”

O secretário de saúde do estado, Denilson Feitosa, chama a atenção para a importância da população procurar os postos de vacinação e se imunizarem.

“A pandemia ainda não acabou, então a vacinação contra Covid-19, continua sendo a nossa principal arma para combater esse vírus. Evitar as hospitalizações, nós sabemos que existem novas variantes surgindo a todo momento, nós precisamos frear essa contaminação, precisamos reduzir a quantidade de casos graves que necessitam de hospitalização e isso a vacina nos ajuda, tanto a tornar as pessoas menos transmissíveis, mesmo aquelas contaminadas, quanto a evitar o agravamento dos casos. Então hoje, a terceira dose, principalmente, ganha essa força. Necessário que todos que já tenham o intervalo necessário para realizar a terceira dose procurem um posto de saúde e mantenham o seu cartão atualizado na vacinação contra a Covid.”

Belém aplicou, desde o início da campanha, mais de 12 milhões de doses da vacina contra a doença. Desse total, 5 milhões e 900 mil são primeira dose, 5 milhões e 500 mil segunda dose. Além disso, mais de 700 mil pessoas foram imunizadas com o reforço. O município com menor desempenho é Santa Cruz do Arari, com  pouco mais de 500 doses aplicadas na segunda fase. Os dados são da Secretaria de Saúde Pública do Governo do Pará.

Reforce a sua proteção! Se já tomou a primeira dose da sua vacina contra a Covid-19, não se esqueça de tomar a segunda. E lembre-se que o intervalo entre a segunda dose e a dose de reforço é de quatro meses. A vacina está disponível em todo o estado para jovens e adultos a partir de 12 anos e crianças entre 5 e 11 anos. Continue com as medidas de prevenção: mantenha distância segura, lave as mãos com água e sabão e mantenha os ambientes ventilados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui