Iniciativa do Governo do Estado apoia projeto voltados às juventudes em todo o Pará

Com o objetivo de apoiar as pequenas iniciativas que envolvam as juventudes de diversos municípios paraenses, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Gerência de Promoção dos Direitos da Juventudes, iniciou o projeto “Juventudes Ativas” em sete cidades paraenses e que contempla nove entidades, cujas as atividades estão previstas na 12.852/13, também conhecida como Estatuto da Juventude.

Os municípios atendidos foram Marituba, na Região Metropolitana de Belém, que tem um projeto de apoio a cursos técnicos que visam a empregabilidade e geração de renda. Em São Félix do Xingu, no sul do Pará, o “Juventudes Ativas” apoia a Escolinha Meninos do Xingu, que atende mais de 150 adolescentes e jovens com a prática do futebol. Na cidade de Moju, no nordeste do estado, o Duck Handebol na modalidade feminina recebe o apoio do projeto da Sejudh.

Foto: DivulgaçãoEm Breves, no arquipélago do Marajó, o projeto vai apoiar a manutenção de quase um ano de aluguel da Casa da Juventude do município, que será uma referência para as juventudes do marajoaras. Em Redenção, no sul do Pará, dois projetos foram escolhidos: o Circo de Rua Tracajá e Teatro Integrante, onde são realizados trabalhos de cultura e arte nas comunidades. Em Altamira, na região do Xingu, um cursinho popular para jovens carentes receberá o apoio do “Juventudes Ativas”.

Segundo o Gerente da Juventude da Sejudh, Flávio Moreira de Paula, essa é uma experiência piloto na qual foram disponibilizados R$100 mil reais de emenda parlamentar, enviada pelo presidente da Comissão de Juventudes da Assembleia Legislativa (Alepa). “Conseguimos proporcionar e impulsionar projetos que fazem toda a diferença, não só na vida dos jovens mas em toda comunidade em seu entorno”, afirmou.

Alexandre Rafael Brito, de Redenção, faz parte dos movimentos das juventudes. Ele ressalta a importância do apoio do Governo nas pautas relacionadas às juventudes da cidade. “Esses recursos vão poder ajudar, de forma exponencial, as juventudes de Redenção. Os recursos chegaram em bora hora e eu só tenho a agradecer ao Governo do Estado e à Sejudh”.

Desde 2018, a Associação Beneficente Duck Handebol atua com pessoas na cidade do Moju. Atualmente, com um Ginásio no bairro Novo Horizonte, diversos grupos são atendidos, desde crianças, até os adultos, nas categorias masculino e feminino. “Hoje temos cerca de 250 meninos e meninas e estamos no cenário nacional. Com as parcerias, fomos ao campeonato brasileiro e fomos campeões nacional na categoria infantil”, disse ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui