Incubadora da UEPA seleciona empreendimentos inovadores

Com o objetivo de promover o desenvolvimento de empreendimentos inovadores, a Rede de  Incubadoras de Tecnologia  (Ritu) da Universidade do Estado do Pará (Uepa) abriu o processo seletivo para o programa  de incubação, modalidade residente, com foco em empreendimentos inovadores, nascentes de base tecnológica. Interessados em solicitar isenção da taxa de inscrição têm até o dia 5 de janeiro para solicitação.  A seleção é aberta à sociedade em geral.

As pré-inscrições e inscrições para o Processo Seletivo deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, no link, no período especificado no cronograma do edital 82/2019 – Uepa, disponível no link. Os candidatos devem estar atentos às etapas, datas e documentações exigidas no edital.

A Incubação é destinada a empresas nascentes, que estão com produtos e modelo de negócios validados, precisando apenas atingir uma organização interna de seus processos de produção, gestão, financeiro e de mercado para chegar ao consumidor.

A Incubação Residente faz parte do programa da Ritu para o estímulo ao Empreendedorismo Inovador na Universidade do Estado do Pará e vai proporcionar aos empreendimentos selecionados atividades de capacitação voltadas ao amadurecimento e desenvolvimento do negócio, assim como a interação destes e as demais atividades da incubadora.

Para participação no processo seletivo é obrigatória a manifestação de intenção de participação, através de formulário no qual devem ser inseridas informações sobre as características gerais do empreendimento.

A partir das informações inseridas neste formulário, a equipe técnica da Ritu avaliará se o empreendimento se enquadra nas condições mínimas necessárias para efetuar a inscrição ao processo de Incubação, a saber: Capacidade técnica de atendimento por parte da incubadora; Área de atuação de interesse da Ritu;

Ser empreendimento de base tecnológica, ou seja, ter em seu produto ou processo a aplicação sistemática de conhecimentos científicos e tecnológicos para o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços. Somente os empreendimentos habilitados estarão aptos a efetuar as inscrições no processo seletivo de Incubação.

Serão aceitas propostas, para fins de avaliação, de negócios inovadores nascentes de base tecnológica, preferencialmente nas áreas de Tecnologia, Biológicas e Saúde, Social e Educação, e áreas de afins. Propostas de empreendimentos enquadrados em áreas consideradas diferentes das supracitadas, também serão avaliadas.

Os principais critérios para seleção dos empreendimentos são perfil empreendedor e capacidade técnica da equipe que compõe o empreendimento; inovação dos produtos (bens ou serviços) desenvolvidos, viabilidade técnica para o desenvolvimento do produto e validações de características voltadas ao desenvolvimento de produtos (bens ou serviços);  formas de captação de recursos e de investimento financeiro (próprio ou de terceiros); viabilidade mercadológica e validações de vendas de produtos (bens ou serviços); consistência das informações descritas no Formulário de apresentação de Negócios (modelo Ritu) e Consistência dos Processos internos com as informações descritas no Formulário de apresentação de Negócios (modelo Ritu).

Uma vez selecionados, os empreendimentos terão acesso a espaço físico individualizado – módulo de incubação, localizado no Centro de Ciências Naturais e Tecnologia (CCNT/Uepa), correspondente a aproximadamente 13m²,  para a instalação do empreendimento, de acordo com a disponibilidade da Ritu; espaço físico para uso compartilhado: sala de reuniões e miniauditório, mediante agendamento e disponibilidade da incubadora; serviço de orientação e assistência às empresas nas áreas de gestão conforme diagnóstico de necessidade e plano de incubação e a disponibilidade da incubadora; cursos e treinamentos oferecidos pelo Programa de Formação Empreendedora da Ritu e seus parceiros, de acordo com a possibilidade da incubadora; palestras de orientação empresarial, técnica e tecnológicas ministradas por profissionais convidados, conforme a disponibilidade da incubadora; apoio na elaboração de projetos para captação de recursos junto às agências de fomento, de acordo com a necessidade do projeto e possibilidade da incubadora; apoio e organização de ações para apresentação do projeto a investidores em geral e rodas de negócios; apoio na identificação de pesquisadores e tecnologias que possam colaborar para o desenvolvimento e/ou aprimoramento tecnológico dos produtos/serviços; orientação referente a propriedade intelectual e transferência de tecnologia; orientação nas estratégias de divulgação e comercialização de produtos e serviços; além de  acesso a rede de parceiros da Incubadora.

Para Nair Sousa, gerente da Ritu, a incubação de empresas auxilia empreendimentos nascentes, universidade e sociedade. “O processo de incubação envolve ações de análise, acompanhamento e capacitação voltadas ao melhor desempenho dessa empresa no mercado.

A ligação desse processo à Universidade permite que pesquisas acadêmicas com potencial de suprir uma necessidade da sociedade possam receber apoio e incentivo e efetivamente transformar esse conhecimento em produtos. Mais ainda, viabiliza a aplicação prática dos conhecimentos obtidos em sala pelos alunos posto que realize a interface entre os alunos e as empresas apoiadas”, afirmou.

Datas importantes:

Período de solicitação de isenções: 20/12/2019 a 05/01/2020

Abertura do período de pré-inscrições e inscrições: 15/01/2020

Encerramento do período de pré-inscrições: 25/02/2020

Encerramento das Inscrições: 01/03/2020

Mais informações: 

Edital 82/2019-Uepa

Inscrições

Rede de Incubadoras de Tecnologia (Ritu) da Uepa