Home office: empresas ajudam colaboradores a evitarem proliferação do Covid-19

Seja dentro de escritórios, prestação de atendimentos jurídicos, clínicas, dentre outras funções, a recomendação do momento, por conta do coronavírus, é evitar aglomerações. Muitas pessoas, seguindo as recomendações dos órgãos de saúde, optaram por migrar o trabalho para dentro das suas residências, ao estilo “home office“. Logo, professores, psicólogos e tantos outros especialistas estão realizando atendimentos e aulas dentro de casa, evitando, assim, a interação interpessoal e, consequentemente, a proliferação do Covid-19.

Por isso, reunimos algumas dicas importantes sobre o trabalho home office nessa fase em que o mundo precisa enfrentar o Covid-19. Confira!

Mantenha a rotina

Apesar de ser realizado dentro de casa, todos os compromissos devem ser cumpridos da forma mais natural possível. Com isso, anote todas as pendências e atividades a serem desenvolvidas, além de estipular um tempo para executar cada uma delas.

Local adequado

Uma das primeiras orientações para trabalhar em casa é separar um local apropriado, tendo conforto, silêncio e boas instalações. Verifique também sua conexão com internet. Afinal, é uma das principais ferramentas de trabalho.

Sobre os horários

Ter disciplina é fundamental! É comum que o profissional comece empolgado e, com o passar do tempo, encontre distrações que o impendem de finalizar as suas demandas. Cumpra os horários e não deixe os trabalhos se acumularem, causando uma “bola de neve” que pode elevar o nível de estresse.

Cuidado com as distrações 

Muita cautela com as distrações que você pode encontrar dentro da sua própria casa. Isso pode afetar o seu rendimento! É necessário ter cuidado com o uso excessivo do celular, TV e conversas que podem distrair o profissional da sua rotina diária. Por isso, tenha responsabilidade e, assim como em um escritório, saiba gerenciar o seu tempo.

Fonte:  Agência Educa Mais Brasil