Governador Helder Barbalho irá inaugurar terminal hidroviário

Nesta sexta-feira (7), o governador Helder Barbalho (MDB) cumpre agenda em Faro, no oeste paraense, para inaugurar o Terminal Hidroviário do município com a participação do presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), Abraão Benassuly, prefeita Jade Viana (MDB), demais autoridades, além da população local.

Seguindo o padrão dos demais terminais hidroviários em construção pela CPH, o de Faro conta com terminal de cargas, carrinhos para bagagens, cadeiras confortáveis, guichês para vendas de passagens, sala para órgãos de defesa social, televisões, bebedouros, banheiros masculino, feminino e para portadores de necessidades especiais, além cumprir com os padrões de acessibilidade estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

O local também ganhou sinalização interna e paisagismo na área externa e já possui outorga da Antaq para operar na região. As obras navais compreendem rampas metálicas cobertas para acesso aos flutuantes principais, além de sistemas de amarração e fundeio para embarcações.

Cerca 10 mil moradores de Faro serão beneficiados pelo novo terminal, que custou cerca de R$ 4,6 milhões, recurso financiado pela Caixa Econômica Federal.

O terminal de Faro deve receber cerca de dois mil usuários por mês. A obra gerou 50 empregos diretos e 20 indiretos. Depois de entregue, o terminal vai oferecer viagens para diversos municípios do Baixo Amazonas e será administrado pela prefeitura municipal.

Ainda na sexta-feira (7), o governador cumpre agenda nos municípios de Óbidos, Curuá e Santarém.

Integração

O primeiro terminal hidroviário inaugurado pelo Governo do Estado na região do Baixo Amazonas foi o de Terra Santa, entregue em junho do ano passado. O espaço recebe mais de 340 passageiros por dia e movimenta a economia local, já que foram criados 14 empregos diretos, e dezenas de indiretos ao redor do espaço.

O local é administrado pela prefeitura do município e oferece viagens diárias para as cidades de Santarém, Manaus (AM), Parintins (AM), entre outros destinos. Cerca de 18 mil moradores da cidade foram beneficiados com a obra.

Em breve, o Governo do Estado, por meio da CPH, também deve entregar os terminais hidroviários de Almeirim, Curuá, Santana do Tapará e Santarém, além de Óbidos, que passa por reforma.