Festival de Música de Mosqueiro pode entrar no calendário oficial da cultura de Belém

Banda 6 de Julho em apresentação na praça da Vila, em Mosqueiro. O projeto de Lei vai destacar ainda mais o trabalho do grupo.

O Festival de Música de Mosqueiro deverá compor o calendário oficial de grandes eventos culturais do município de Belém. Um Projeto de Lei (PL) que prevê a medida foi aprovado na Câmara Municipal de Belém (CMB), na manhã da última quarta-feira, 30, e seguiu para sanção do prefeito Edmilson Rodrigues. O PL foi proposto pela agente distrital de Mosqueiro, Vanessa Egla, à vereadora Livia Duarte (Psol), durante sessão itinerante da CMB realizada no distrito, no ano passado.

A notícia da aprovação do PL foi muito festejada pela vereadora, por meio das suas redes sociais, e por Vanessa Egla, que destacou a importância do projeto para cultura do Estado do Pará.

“Mosqueiro tem ótimos músicos profissionais e em formação, portanto, esse projeto vem coroar a produção e valorizar nosso território nos âmbitos cultural e turístico”, disse a agente distrital. “Tenho certeza que o festival será um dos maiores eventos culturais do estado do Pará”, completou.

Para o maestro da Banda Mosqueirense 6 de Julho, Alan Santos, a notícia da aprovação do projeto é muito boa, porque vai motivar os jovens do distrito ao aprendizado e desenvolvimento musical.

“Melhor notícia para nossa cultura de Mosqueiro, pois, vai motivar e incentivar nossos jovens ao universo musical”, disse o maestro, que é concluinte do curso de Música da Universidade Federal do Pará.

Santos comanda a banda desde maio de 2014, ano de oficialização da banda formada por alunos egressos da Escola Estadual Honorato Filgueiras, no bairro do Maracajá. O grupo é um dos mais populares da ilha e faz seus ensaios ao ar livre em pontos turísticos da bucólica e se apresenta em eventos culturais, sociais e escolares.

Incentivo – Os principais objetivos do Festival são estimular o desenvolvimento musical no distrito, conscientizar e divulgar a importância da música popular, revelar novos talentos, produzir boa cultura e entretenimento na região e valorizar os (as) artistas locais.

“Estamos muito felizes com essa vitória para cultura de Mosqueiro, onde muitos talentos poderão ser revelados e os que já atuam no mercado musical poderão se destacar ainda mais. Quero agradecer a vereadora Livia Duarte por acreditar em nossa proposta, defendê-la e aprová-la no plenário da Câmara Municipal de Belém”, disse Vanessa Egla.

O PL agora segue para sanção do prefeito do prefeito Edmilson Rodrigues.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui