Feira Agroecológica na Secretaria de Educação incentiva o consumo consciente e saudável

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) realizou a primeira edição da Feira Agroecológica na sede da instituição para os servidores e moradores do entorno.

Em alusão ao Dia Internacional da Mulher, a iniciativa busca valorizar o trabalho das mulheres agrícolas do Grupo para Consumo Agroecológico (Gruca). São alimentos livres de venenos vindos direto dos produtores.

A secretária de educação, Márcia Bittencourt, abriu o evento e explicou a importância de ter uma alimentação saudável, da educação do campo, da luta pelo território, da permanência das pessoas no campo produzindo alimentos saudáveis. Ela ainda ressaltou, que a Feira vai incentivar os servidores públicos e moradores dos arredores a terem acesso a alimentos saudáveis.

”O grande objetivo da Feira Agroecológica de hoje, realizada no Dia Internacional da Mulher, é incentivar a produção das mulheres camponesas do município. O evento ocorrerá uma vez no mês para que possamos nos alimentar corretamente”, explica a secretária.

O Gruca tem a missão de aproximar consumidores aos pequenos produtores agroecológicos, que atuam efetivamente na produção e consumo da alimentação saudável e da agricultura familiar.

Agrofloresta

A organizadora do evento, Lenir Demendes, destaca que produzir uma agrofloresta e consumir alimentos saudáveis exige uma mudança no estilo de vida, porque a agrofloresta é vida, saúde, alimento e viver de forma tranquila com muita alegria.

“É um movimento de resistência e é revolucionário. Feliz daquele que tem uma terra e sua liberdade de decidir o que quer comer, e comer alimento, não produto. Não comer algo que vá prejudicar a saúde, mas sim algo que venha proporcionar saúde”, explica.

A Feira foi comemorada pelos servidores da Semec. A pedagoga Regiane Queiroz Maia diz que de suma importância a secretaria trazer esse movimento agroecológico para dentro da instituição.

Telma Faro, auxiliar administrativa, revela que o evento foi muito representativo, principalmente por ser realizado em um dia significativo e especial para as mulheres.

“A iniciativa de promover um evento de empreendedoras foi importante para saber o nosso valor e que a mulher se diversifica nas profissões. Isso é um grande incentivo para sabermos o nosso potencial. Afinal, a mulher pode ser o que ela quiser e onde quiser”.

A Feira Agroecológica ocorreu de 8 às 11 horas e a próxima está prevista para o dia 5 de abril, pois a Semec compreende que a agricultura familiar, a agroecologia e o consumo de alimentos livres de agrotóxico são fundamentais para a saúde de todas as mulheres e famílias. A produção vem do entorno das ilhas de Belém.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui