A Biblioteca Pública Arthur Vianna, do Centur, recebe uma exposição que reúne as fantasias e adereços da Escola de Samba Crias do Curro Velho, que fez o seu tradicional desfile pelas ruas do bairro do Telégrafo no Carnaval de Belém. As peças ficarão expostas até o dia 10 de março, no terceiro andar do prédio da Fundação Cultural do Pará.

(imagem: divulgação)
Boto, pierrot, catador de caranguejos e outras fantasias do carro-abre alas e até um estandarte foram escolhidos para compor a exposição. O público também encontrará livros com a temática do carnaval celebrado em vários cantos do mundo e visto sob diferentes óticas culturais, como o paraense, o brasileiro e o de Veneza, na Itália.
A mostra das fantasias carnavalescas também tem a intenção de mostrar a criatividade e riqueza dos figurinos produzidos por alunos e professores das oficinas Curro Velho. As peças foram confeccionadas com materiais reutilizados de carnavais anteriores. “Apesar de serem reutilizados, esses materiais são valiosos justamente por agregar o valor do trabalho dessas pessoas”, afirma a diretora de Leitura e Informação, Giselle Arouck, responsável por trazer esta mostra para a Biblioteca Arthur Vianna.