Excelência em gestão reconduz Hemopa ao comando do GesPública

Resize (60)

A reconhecida excelência de gestão da Fundação Hemopa reconduziu a instituição à ancoragem do Núcleo Estadual do GesPública, programa nacional vinculado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão que tem como usuários diretos os órgãos que integram a administração pública do país. Atualmente, o programa possui 15 órgãos adesos no Pará, onde o GesPública iniciou sua atuação em 2003.

Resize (61)

A solenidade que marca a recondução do Hemopa ao comando do Gespública no Estado será no dia 11 de março, com vigência de cinco anos e participação de representante do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Na ocasião será apresentada a nova agenda de trabalho.

O GesPública tem a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos e para o aumento da competitividade do País, buscando assegurar a eficácia e efetividade da ação governamental, promover a gestão democrática, participativa, transparente e ética e eliminar o déficit institucional.

A presidente da Fundação Hemopa, Ana Suely Leite Saraiva, explica que o processo de ancoragem nos Estados se dá pela escolha de uma organização com comprovada referência na adoção do Modelo de Excelência em Gestão Pública. “Isso significa boas práticas de gestão, reconhecidas pela sociedade e com ciclos de reconhecimento por Prêmios da Qualidade e Certificações por Normas do Sistema de Gestão da Qualidade, como acontece com o Hemopa”, explica.

De acordo com a titular do Núcleo de Qualidade do Hemopa, a socióloga Ligia Garcia, desde que aderiu ao programa o hemocentro paraense participou de todos os ciclos de avaliação da gestão, tendo obtido vários reconhecimentos na área, disseminando o modelo de gestão na Região Norte e em outros Estados da Federação.

Resize (62)

O GesPública iniciou sua atuação no Pará em 2003, tendo pela primeira vez como organização âncora, o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª. Região (2003–2007), seguido pela Fundação Hemopa (2007–2009) e, por último, a Superintendência de Administração do Ministério da Fazenda – SAMF/PA (de 2009 até o momento).