Estado do Pará tem mais de 530 mil recuperados da Covid-19

“Deus e os profissionais do Hospital de Campanha do Hangar me curaram. Além dos cuidados com a minha saúde física, ganhava, diariamente, muitas palavras de incentivo e de amor para fortalecer a minha saúde mental. Tive todo o acolhimento que eu precisava nesse momento muito difícil que foi o período da minha internação. Eles me acalmavam e também a minha família ao saber que eu estava sendo muito bem cuidada”, conta Alcina Miranda, 59 anos, moradora do município de Barcarena, que é uma dos 531.002 recuperados da Covid-19 no Pará. 

O quantitativo de pacientes recuperados no Estado, até esta terça-feira (20), representa mais de 90% dos casos confirmados da doença (567.568). O titular da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), Rômulo Rodovalho, afirma que é muito importante celebrar cada paciente recuperado e relembra medidas adotadas pelo Governo do Estado para salvar vidas. 

“Atuamos com as Policlínicas Metropolitana e Itinerante, ampliação de leitos clínicos e de UTI’s, até a abertura de Hospitais de Campanha. O Estado se mantém atento acompanhando o cenário epidemiológico de todas as regiões paraenses, desenvolvendo iniciativas que reforçam esse resultado positivo”, destaca o secretário. 

Foto: Bruno Cecim / Ag.ParáMilca Abreu, 40 anos, foi uma das pacientes atendidas pelo Hospital Regional do Sudeste do Pará. Ela teve cerca de 80% do pulmão comprometido e afirma que por mais que o pânico quisesse dominar durante o período de internação, conseguiu se manter forte, com o apoio da equipe multidisciplinar, até que fosse possível voltar para casa. 

“Todos os profissionais, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistente social, psicólogo, fisioterapeuta, me acolheram muito bem. A todo o momento me davam força e não me deixavam cultivar pensamentos ruins. Agora estou em casa, ao lado da minha família, finalizando a minha recuperação e só posso dizer: muito obrigada”, agradece. 

Foto: Bruno Cecim / Ag.ParáO titular da Sespa ainda faz um alerta de que a pandemia ainda não acabou. “Seguimos lutando para que mais vidas sejam salvas e que todos possam ser vacinados o mais rápido possível, então vale lembrar que, as pessoas não deixem de tomar a segunda dose da vacina e não esqueçam de usar máscara, higienizar as mãos e manter o isolamento social”, reforça. 

De acordo com a Sespa, até esta terça-feira (20), foram registrados 15.883 óbitos causados pela doença. 

Programa

Quem quiser participar do Programa Triagem Pós-Covid deve realizar o agendamento através da central telefônica da Policlínica Metropolitana, unidade que realiza esses atendimentos, pelo (91) 98521-5110 ou pelo e-mail [email protected] 

Documentos necessários no agendamento: RG, CPF, comprovante de residência e cartão SUS.