Encerram amanhã (14) as inscrições para o Enem 2021

As inscrições para a edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) encerram nesta quarta-feira (14). Estudantes interessados em participar devem acessar a Página do Participante, no site do Inep, informar o número do CPF, a data de nascimento e indicar qual modalidade do Enem 2021 desejam realizar (impressa ou digital).

Até o momento, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, não se manifestou sobre a possibilidade de prorrogação do prazo de inscrições. A taxa de inscrição para os não isentos é de R$ 85. O pagamento deve ser feito até o dia 19 de julho por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança).

Para acessar a Página do Participante é preciso ter o login único dos portais gov.br, que também permite acompanhar a situação das solicitações e entrar com possíveis recursos. Quem não possui o login pode criá-lo no endereço eletrônico acesso.gov.br.

Nesta edição, os participantes que se inscreverem para conhecer a prova, na condição de “treineiros”, deverão realizar a inscrição para o Enem impresso, pois o Enem Digital será exclusivo para quem já concluiu o ensino médio ou está concluindo essa etapa neste ano.

O Enem é uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil.  Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e demais programas do governo como Programa Universidade para Todos (Prouni) e Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Com as notas do Enem, o estudante também pode se candidatar a vagas nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Provas

Nesta edição, as versões impressa e digital serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro deste ano e terão provas com itens iguais. As duas versões também terão a mesma estrutura de prova: quatro cadernos de questões e a redação.

Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha com uma redação, que será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel. Os participantes receberão folhas de rascunho nos dois dias.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. A aplicação regular terá cinco horas e 30 minutos de duração.

No segundo dia, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Nesse caso, a aplicação regular terá cinco horas de duração.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil