Educação superior: mensalidades baixas e flexibilidade nos horários são atrativos nos cursos EAD

Inicialmente rejeitada, a educação a distância se torna cada vez mais popular no Brasil, principalmente durante o período da pandemia do coronavírus. A modalidade que sofria com o afastamento dos estudantes, por ser uma novidade, hoje é um meio de viabilizar a educação superior para jovens e adultos interessados em fazer uma graduação, pós-graduação e cursos profissionalizantes.

As matrículas nos cursos EAD aumentaram no país e chegaram a ultrapassar a quantidade de matrículas nos cursos de graduação presenciais. Os benefícios são inúmeros e vão desde as mensalidades baixas, até a flexibilidade nos horários.

Segundo o Mapa do Ensino Superior no Brasil 2020, as matrículas nessa modalidade cresceram 145% entre 2009 e 2018. A pesquisa, feita pelo Instituto Semesp, também mostra que esse crescimento foi de aproximadamente 17% entre 2017 e 2018.

Vantagens de estudar EAD

Um dos motivos para o crescimento dos cursos EaD é o fato das mensalidades serem mais acessíveis e o custo geral mais baixo, já que é feita uma economia nos gastos com transporte e alimentação. Dessa forma, pessoas com renda mais baixa encontram mais facilidade em ter acesso ao ensino superior através da educação a distância.

Outro fator importante é que a modalidade possibilita conciliar os estudos com outras atividades. Por isso, fica mais fácil trabalhar e estudar, por exemplo.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil