O Governo do Pará, por meio do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), irá receber o financiamento do Fundo de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) para investir ainda mais na melhoria do sistema de segurança viária do Estado. O anúncio ocorreu nesta quarta-feira (19), em Estocolmo, na Suécia, durante a 3ª Conferência Global sobre segurança rodoviária.

Com um projeto elaborado no eixo da capacitação, o Detran do Pará foi selecionado dentre os 73 projetos concorrentes e, com isso, o Brasil está entre os 12 países que receberão o financiamento para investir na formação de multiplicadores e na melhoria operacional dos agentes de trânsito.

As ações serão feitas através de treinamentos especializados e conduzidos de acordo com as orientações da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) – agência da ONU.

O foco do treinamento é melhorar a área de fiscalização, principalmente no que tange os fatores de risco para ocorrências de acidentes de trânsito como: beber e dirigir; excesso de velocidade; não uso dos equipamentos obrigatórios como o capacete e o cinto de segurança; uso do celular, etc.

“A ideia é aprimorar a capacidade da nossa fiscalização, formando multiplicadores para trabalharmos de forma mais consistente”, ressalta o diretor-geral do Detran, Marcelo Guedes.

Desde 2008, quando foi convidado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para participar como observador de uma reunião da ONU, o Detran tem se engajado em discussões globais sobre segurança viária.