Pará+

Detran mobiliza mais de 200 agentes para combater o uso de álcool por motoristas

Dez prisões por alcoolemia e 13 autuações de motoristas que dirigiam sob a influência de bebida alcoólica foram o resultado do primeiro dia da operação do Departamento de Trânsito (Detran) para coibir a combinação entre álcool e direção, prática recorrente entre alguns condutores que costumam curtir o feriadão nas praias do estado. O governo do Estado reforçou a fiscalização nos principais municípios do Pará durante a Semana Santa e, em Santa Bárbara e em Salinópolis, os agentes executam desde a última sexta-feira (15) a Operação Lei Seca, com barreiras de fiscalização diárias. A alcoolemia está entre as principais causas de lesões graves no trânsito. Durante a Sexta-feira Santa, as rodovias estaduais registraram três acidentes sem mortes, mas com danos materiais.

Em Salinópolis, onde os casos de alcoolemia costumam ser mais frequentes, a Lei Seca para quem está conduzindo veículos, é aplicada em parceria com os agentes de trânsito do Policiamento Rodoviário Estadual e a fiscalização ostensiva ocorre na PA-444, no sentido de saída das praias do Atalaia e Farol Velho. O agente do Detran Wallison Souza explica que todos os veículos são parados e os condutores são submetidos ao teste do etilômetro passivo. Se durante a triagem o alerta vermelho do equipamento for acionado, o condutor é submetido ao teste definitivo. Souza destaca que muitos condutores insistem em beber e dirigir. “Para os motoristas que estiverem bebendo, a orientação é conseguir outra pessoa que possa conduzir o veículo em segurança”, orienta o agente.

Na faixa da praia, agentes do Detran fiscalizam também para evitar acidentes e coibir a poluição sonora causada pelos sons automotivosFoto: ASDECOM / DETRANA fiscalização também ocorre ao longo do dia na faixa de areia. Divididos em duas viaturas, seis agentes fazem rondas para prevenir acidentes na área de praia. Além de coibir manobras perigosas, conhecidas como “zerinho”, as equipes do Detran observam o trânsito de pessoas, especialmente de crianças com parte do corpo do lado de fora do veículo. Além disso, a fiscalização coíbe o uso de som automotivo com decibéis acima do permitido por lei. O Detran alerta que o banhista flagrado incomodando as pessoas com som alto pode ser multado e ter o veículo recolhido, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro.

A Operação Feriados do Detran é realizada em 23 municípios paraenses, com um efetivo de mais de 200 agentes de fiscalização.

Sair da versão mobile