Detran adota o uso de radares portáteis na estrada de Mosqueiro

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) adotará, a partir desta quarta-feira (22), o uso de radares portáteis na PA-391, rodovia que liga Belém a Mosqueiro. O uso do equipamento tem como objetivo auxiliar a fiscalização e prevenção de acidentes no distrito, que é um dos destinos mais procurados durante o verão paraense.

Esse tipo de radar, conhecido como “pistola”, consegue registrar a velocidade em que o automóvel se desloca no trecho e realiza a captura imagética da placa, gerando uma autuação mais precisa. O dispositivo, também usado pelos agentes de fiscalização do órgão para monitoramento da BR-316 desde o começo do último mês, será usado da entrada ao portal de Mosqueiro até o fim de julho.

Bento Gouveia, diretor técnico-operacional do Detran, explica que a utilização dos radares portáteis coíbe o excesso de velocidade nas estradas. Dirigir acima do máximo permitido, além de ser considerado uma infração pelo artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), também é uma das principais causas de acidentes de trânsito segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

“O uso dos radares portáteis garante mais segurança para quem está dirigindo, além de conforto por saberem que o trecho é fiscalizado e isso diminui o número de possíveis infrações — o que, por sua vez, também reduz o número de possíveis acidentes”, conclui o diretor.