Referência nacional na formação de peritos judiciais, o Conselho Nacional de Peritos Judiciais (Conpej) vai realizar uma nova turma de do curso de Perícia Judicial em Belém, nos dias 15 e 16 de abril.  A nova edição é para atender a demanda do público da capital que não pode participar da última formação, que foi sucesso entre os inscritos.

Como um passo audacioso, o Conselho Nacional de Peritos Judiciais está realizando um grande investimento na formação de novos especialistas na cidade. Com carga horária de 20 horas/aula e valores que podem ser parcelados em quatro vezes, o curso será no hotel Princesa Louça (antigo hotel Hilton), na avenida Presidente Vargas, Campina. As inscrições para o curso seguem abertas através do site  am.conpej.org.br  ou pelos  números  (91) 98990-6296 e (91) 99354-2932.

Com vagas limitadas, o órgão oferecerá material didático e certificado de conclusão gratuitamente para quem se inscrever. “Os alunos também têm direito a filiação, carteira associativa, e inclusão do nome no banco de consultas do Conselho”, afirmou o delegado regional do Conpej, Arnaldo Botelho. O curso será ministrado pelo delegado do Conpej em São Paulo, o perito Paulo de Salvo.

Responsável pelo maior número de especialistas em todo Brasil aptos a prestarem serviços em diversas áreas periciais, o Conpej é opção de novas oportunidades de renda para profissionais de todas as áreas, desde médicos, engenheiros, jurista em geral, contadores, arquitetos, corretores de imóveis, advogados, entre outros. “Vale lembrar que não é necessário ter ensino superior para se tornar um perito”, explicou o delegado.

A qualificação visa atender uma grande demanda de profissionais no mercado paraense, uma vez que os especialistas do Estado têm atendido a poucos dos processos judiciais, restando assim, um déficit grande das ações em andamento nos tribunais.