Com rápida inserção no mercado de trabalho cresce procura por cursos técnicos

Seja pela grande procura no mercado de trabalho, pelo baixo custo nas mensalidades ou pela formação mais rápida, os cursos técnicos são a opção daquelas pessoas que desejam uma colocação profissional sem precisar esperar o tempo da graduação. A estudante Renata dos Santos Alves, 22 anos, sempre quis trabalhar na área de saúde, mas estava em dúvida entre seguir a graduação em Enfermagem ou curso técnico de enfermagem.

“A área da saúde sempre me encantou, então eu pensei em fazer a graduação, mas eu precisaria estudar cinco anos e isso não era um atrativo. Sendo assim, procurei me informar sobre o curso técnico na área e soube que era a melhor opção para mim. Estou na metade do curso e já consegui aprender muita coisa que vou aplicar no meu dia a dia. Estou feliz e realizada com a minha escolha e espero que ao terminar eu consiga emprego fácil”, revela a jovem.

Uma pesquisa realizada pelo site de empregos Catho aponta que a procura por Técnico de Enfermagem no mercado de trabalho aumentou em 708% com a pandemia. Porém, fugindo da tradicionalidade, existem diversas áreas com uma crescente procura pelos estudantes. Segundo a ManpowerGroup Consultoria entre as áreas mais promissoras estão:

Por serem reconhecidos e valorizados, os cursos técnicos são opções de qualificação com rápida inserção no mercado de trabalho. Com duração média de dois anos – dois a menos que a maioria das graduações – as formações técnicas oferecem todas as ferramentas necessárias para atender as demandas do mercado, preparando, assim, um trabalhador tecnicamente qualificado com uma formação atualizada.

 

Categorias de Cursos Técnicos

No Brasil, existem três categorias de cursos técnicos: o curso técnico integrado, o externo (ou concomitante) e o profissionalizante (ou subsequente).

Curso técnico integrado: como o próprio nome já diz, esta modalidade integra o ensino técnico e o médio, possibilitando que o aluno que acaba de finalizar o ensino fundamental e fazer o 1º ano do ensino médio estude e se profissionalize, ao mesmo tempo em que cumpre o calendário da escola básica.

O curso técnico com concomitância externa funciona da seguinte maneira: em um turno o estudante vai para a escola e aprende todos os conteúdos previstos para a sua série, e no turno oposto ele faz o curso técnico na área que escolheu se profissionalizar, em outra instituição. Dessa maneira, ao concluir o ensino médio ele já está preparado para o mercado de trabalho.

Curso técnico subsequente: também conhecido como curso profissionalizante, é voltado para aqueles que já concluíram o ensino médio. Ele forma profissionais aptos para o mercado de trabalho, e ao concluir o curso o participante é certificado como técnico de nível médio.

Bolsa de estudo com desconto

É possível ingressar em um curso técnico com bolsas de estudo de até 70% de desconto disponibilizadas pelo Educa Mais Brasil, que é o maior programa de incentivo à educação do país. Junto com as instituições de ensino parceiras, o programa oferece bolsas em diversas modalidades de ensino, cursos profissionalizantes e cursos de idiomas. Aproveite já o desconto e comece a estudar. Acesse o site e saiba mais.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui