Pará+

Candidatos reprovados podem ingressar na lista de espera do Sisu

O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2022 foi divulgado ontem (22). De acordo com o MEC, 206.835 candidatos foram aprovados nessa chamada regular. Agora, os candidatos que não foram aprovados têm a chance de tentar mais uma vez por meio da lista de espera.

A lista de espera do Sisu visa preencher as vagas que ficarem ociosas por falta de apresentação de documentos ou desistência do candidato. As inscrições devem ser feitas pelo estudante interessado até o dia 08 de março, no site do Sisu. O resultado deve ser divulgado em 10 de março.

Nessa edição, houve queda no número de inscrições. No total, 1.054.474 de pessoas se inscreveram no Sisu para o primeiro semestre de 2022, de acordo com o Ministério da Educação. O número é 15,64% menor do que o registrado na seleção para o primeiro semestre de 2021, quando foram contabilizados 1.250.095 inscritos.

A estudante Beatriz Santos, 18 anos, fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para tentar ingressar no curso de Jornalismo pelo Sisu. Ela conferiu o resultado do processo seletivo e viu que não foi contemplada com a vaga. “Não consegui entrar. Vou me inscrever para a lista de espera, vai que tenho sorte… estou no cursinho para me preparar para o Enem desse ano”, diz a estudante.

Neste semestre, os 10 cursos com maior oferta de vagas são: Pedagogia, Administração, Ciências Biológicas, Matemática, Direito, Química, Física, Agronomia, Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia e Engenharia Civil. Para participar desta edição do Sisu, o candidato precisa ter feito o Enem 2021, obtido nota superior a zero na prova de redação, e não ter participado na condição de treineiro.

Uma outra novidade anunciada foi a alteração no cronograma do Sisu 2022.1 a partir do período destinado para matrícula dos estudantes selecionados. O período para matrícula ou registro acadêmico dos selecionados na chamada única terminaria no dia 28 de fevereiro. Com a mudança, o prazo se estenderá até 8 de março. O período de inscrição para o Sisu não foi alterado.

Bolsas de estudo para faculdade

Quem não conseguir ser contemplado com uma das vagas do Sisu pode continuar com o sonho de estudar, através de bolsas de estudo disponibilizadas por programas de inclusão educacional de iniciativas privadas, como o Educa Mais Brasil.

O programa oferece bolsas para todas as modalidades de ensino, incluindo graduação, com até 70% de desconto para cursos presenciais e a distância, em parceria com milhares de instituições de ensino de todo o país.

As inscrições podem ser feitas ao longo de todo o ano e não precisa de nota do Enem ou comprovante de renda. Por não se tratar de financiamento e, sim, de bolsa de estudo, após o término do curso não é preciso pagar nada.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Sair da versão mobile