Belo Monte viabiliza 62 projetos de saúde no Pará

Ações incluem a melhoria de hospitais em Brasil Novo, Medicilândia, Placas e Uruará com recursos destinados ao Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX).

 ALTAMIRA-FOTO-REGINA-SANTOS-NORTE-ENERGIA

A Norte Energia investiu R$ 37,2 milhões em 62 projetos de saúde por meio do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX), proposta do governo federal financiada pela empresa para executar ações em 11 municípios. As principais propostas selecionadas resultaram na aquisição e reforma de um hospital em Brasil Novo, além de melhoria nos hospitais de Placas, Uruará e Medicilândia. Os investimentos nas unidades hospitalares somam R$ 6,7 milhões e qualificam 180 leitos, beneficiando 118 mil pessoas nesses quatro municípios.

Em Brasil Novo, um hospital particular, com 1.592 m² e 42 leitos, foi adquirido e repassado ao município em setembro de 2015. Com a compra e reforma serão aplicados R$ 3,2 milhões. Atualmente, o processo de contratação dos serviços para início das obras aguarda a liberação das licenças da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Corpo de Bombeiros Militar do Pará.

Com 40 leitos, o hospital de Placas está sendo reformado depois de 15 anos sem nenhuma melhoria e mantido com estrutura precária para atendimento da população. A construção possui 1.826 m² e os investimentos são de R$ R$ 500 mil. A obra iniciou em maio deste ano e a entrega está prevista para dezembro.

Entre setembro de 2014 e agosto de 2015 houve a reforma da unidade hospitalar de Medicilândia, com 1.950 m³ e 40 leitos. O hospital se encontrava em estado crítico e sem reforma havia 20 anos. O prédio agora depende da liberação da licença do Corpo de Bombeiros, para ser entregue à população.

Em Uruará, a reforma do hospital municipal, com 58 leitos, foi concluída em um ano e entregue à prefeitura em novembro de 2013. Lá, foram investidos R$ 1,6 milhão para melhorar a construção de 1.000 m², que estava há dez anos sem reforma.

Os recursos da Norte Energia destinados ao PDRSX servem também para melhorar outros serviços de atenção básica. Os investimentos resultaram na construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPA) em Altamira e Uruará. Também foram construídas Unidades Básicas de Saúde da Família em Vitória do Xingu, Senador José Porfírio, Altamira, Pacajá, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Uruará, Placas, Gurupá e em reserva extrativista da região.

Em Vitória do Xingu, Medicilândia, Brasil Novo e Uruará foram selecionados projetos de núcleos de atendimento e apoio à saúde das famílias. Os recursos do PDRSX proporcionaram a aquisição de ambulatórios odontológicos móveis, ambulâncias e de outros veículos de apoio à saúde para Vitória do Xingu, Altamira, Pacajá, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Uruará, Placas, Senador José Porfírio e Porto de Moz. Também foram equipadas as secretarias de Saúde e informatizados serviços de saúde nos municípios da região.

Projetos de Altamira captaram recursos para construção das linhas de cuidado da mulher e da criança indígena; fortalecimento das ações da saúde indígena; Centro de apoio em diagnósticos; descentralização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU); Centro de Apoio Psicossocial Álcool e Droga; projetos de educação permanente, dentre outros.

PDRSX

O Comitê Gestor do PDRSX – O colegiado é composto de forma paritária por 15 representantes de órgãos governamentais, cinco para cada esfera de governo, e 15 representantes de organizações da sociedade civil pertencentes aos municípios da Área de Influência de Belo Monte.

Ao longo de 20 anos, a Norte Energia disponibilizará R$ 500 milhões para o Plano, que visa implementar políticas públicas e iniciativas da sociedade civil que promovam o desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida para a população dos municípios de Altamira, Anapu, Brasil Novo, Gurupá, Medicilândia, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.

 

O PDRSX seleciona e financia também propostas para ordenamento territorial; regularização fundiária e gestão ambiental; Infraestrutura; fomento às atividades produtivas; inclusão social e cidadania; monitoramento e acompanhamento da implementação das condicionantes previstas no Licenciamento Ambiental de Belo Monte; povos Indígenas e populações tradicionais; e educação.

 

Projeto Básico Ambiental da UHE Belo Monte

 

A Norte Energia investe no PDRSX e é também protagonista das ações de saúde previstas no Projeto Básico Ambiental (PBA) de Belo Monte. As ações da empresa resultaram na entrega de três hospitais: em Altamira; Anapu; e na Vila dos Trabalhadores em Vitória do Xingu, onde também está sendo construída outra unidade hospitalar na sede do município.

Foram construídas, equipadas e entregues ainda 30 Unidades Básicas de Saúde nos cinco municípios da Área de Influência Direta de Belo Monte e executadas ações de prevenção e combate à malária, que reduziram em mais de 98% os casos em cinco municípios do Xingu, entre janeiro e setembro de 2015 comparados ao mesmo período de 2011.