Ananindeua ganha o 1º lugar no ranking do Programa Tarifa Social de Energia

Nesta sexta-feira (05) Ananindeua recebeu a premiação de 5 notebooks  e 1 impressora multifuncional pelo desempenho obtido na Campanha da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Governo Federal. O resultado foi divulgado pela Equatorial Energia, empresa parceira do programa, em que consta a cidade como primeiro lugar no ranking, destacando-se dos outros 49 municípios paraenses que também foram premiados.

Foto: Ricardo AmanajásSegundo o prefeito, doutor Daniel Santos, o primeiro lugar é resultado das muitas ações de intensificação do cadastramento, realizado pela equipe da Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat). Além do Programa Prefeitura em Movimento e CRAS na Comunidade, em que leva a todos os moradores de Ananindeua, seja os que vivem na cidade, nas ilhas, nas comunidades quilombolas e indígenas, serviços do poder público municipal, principalmente das áreas de assistência social, saúde e infraestrutura.

“Estar em primeiro lugar no quesito de cadastros de assistência social é um reconhecimento importante para o nosso município e para o trabalho das nossas equipes, especialmente da Semcat. Fazemos o possível para chegar em cada canto da nossa cidade e oferecer a quem mais precisa o suporte necessário. O trabalho continua! Em todos os bairros do nosso município temos realizado obras, trabalhando para dar mais dignidade a todos os cidadãos. Neste 1 ano e 7 meses a gente tem acordado cedo para construir uma sociedade melhor para todos”, disse o prefeito.

Foto: Ricardo AmanajásA secretária da Semcat, Marisa Lima, reforçou que a conquista reflete a dedicação e superação no trabalho desenvolvido pela equipe da pasta. “Estamos imensamente felizes com o resultado e a premiação. Mesmo diante de tantas dificuldades que enfrentamos no ano passado pela pandemia, a nossa equipe do Cadastro Único continuou incansavelmente trabalhando, pois entendemos  que a população necessita dos serviços do CadÚnico, e assim conseguimos desenvolver um trabalho de qualidade e superação, hoje nós realizamos 600 atendimentos por dia, com inscrições e atualizações. Obrigado prefeito doutor Daniel, que nos proporciona meios para desenvolver um trabalho com excelência, e a toda nossa equipe do CadÚnico. O sentimento nesse momento é de alegria. Tenham certeza que vamos continuar trabalhando, chegando aqui no CADÚnico 5h da manhã para iniciar o acolhimento e nos esforçando para melhor atender a população”, ressaltou a secretária.

O tarifa social é um benefício criado pelo Governo Federal para beneficiar as unidades residenciais de famílias com baixa renda que estão inseridas no Cadastro Único, a redução da tarifa varia de acordo com a faixa de consumo.

Foto: Ricardo AmanajásAlexandre Freitas, analista da gerência de relacionamento da Equatorial Energia, destacou que a premiação é para reconhecer o esforço e estimular os municípios a inserir mais famílias no Tarifa Social de Energia.

“Nós temos muitas pessoas no Cadúnico, que ainda não usufruem do benefício da Tarifa Social. Nossas forças, em conjunto com o município, governo do estado e a Equatorial, são exatamente aumentar esta base e garantir que todas as pessoas aptas a receber o benefício, de fato o receba mensalmente na conta de energia elétrica. Hoje finalizamos a campanha de 2021, com o reconhecimento da equipe da Semcat, dos cadastradores do CadÚnico, e brindando os munícipes para terem um atendimento de qualidade. E a campanha continua, agora será de 13 meses, finalizando em janeiro de 2023. Cada novo cadastro se converte em prêmio para as melhorias operacionais no atendimento da população”, pontuou Alexandre.

Foto: Ricardo AmanajásCleiton Soares, também analista da gerência de relacionamento da Equatorial Energia, destacou os trabalhos que estão sendo ofertados no município por meio da parceria com a Equatorial. “Durante esta semana nossa equipe tem feito um mutirão no CRAS Complexo da Cidade Nova VI, esclarecendo algumas dúvidas pertinentes dos munícipes e inscrevendo a população no programa Tarifa Social. Na semana que vem vamos promover os cursos de qualificação em design de sobrancelhas e de barbeiro profissional. Temos certeza que essa parceria continuará dando bons frutos aos moradores de Ananindeua “, finalizou.

Quem tem direito a Tarifa Social?

1) Família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), cuja renda mensal, por pessoa da família seja até meio salário mínimo;

2) Beneficiários da Prestação Continuada da Assistência Social (BPC): idosos e deficientes cuja renda mensal, por pessoa da família, seja menor que a um quarto do salário mínimo;

3) Família inscrita no Cadastro Único com renda mensal de até 03 salários mínimos, que tenha portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia elétrica de forma continuada;

4) Famílias quilombolas e indígenas, inscritas no Cadastro Único, cuja renda mensal, seja por pessoa da família, igual ou menor a meio salário mínimo, ou possuam algum beneficiário do BPC (com o desconto de 100% na tarifa de energia, até o limite de consumo de 50 kWh/mês).

O cadastro no Programa Tarifa Social pode ser feito em qualquer agência da Equatorial Energia e na sede do CadÚnico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui