Alunos com deficiência são foco de capacitação para professores

Kindergarten students sitting on the floor listening to teacher

Com o intuito de capacitar 1200 professores da rede pública de ensino na alfabetização de estudantes portadores de deficiência, o Ministério da Educação (MEC) abriu vagas para a especialização. As aulas são gratuitas e estão disponíveis para todos os estados, municípios e o Distrito Federal. A carga horária total é de 180 horas, compreendendo os meses de maio a outubro

A iniciativa é uma parceria do MEC com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que irá propiciar um melhor rendimento na sala de aula, contribuindo, também, para valorizar a carreira do educador. Os professores da educação básica lotados no sistema público interessados na qualificação devem se inscrever até o dia 20 de março, na página do curso. O resultado final do processo seletivo de todos os candidatos aptos será publicado no site do curso, no dia 30 de março.

Os inscritos vão passar por um processo de avaliação documental que comprove a atividade de ensino. Segundo a UFSCar, o curso será fundamentado em mecanismos de facilitadores da aprendizagem de pessoas deficientes, respeitando as individualidades e as necessidades para cada público específico.

Nas aulas, os instrutores irão abordar os aspectos de linguagem e a construção da leitura e da escrita, recursos pedagógicos e de estratégias de ensino mais adequadas para cada estudante.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil