Altamira terá novas pontes e passarelas, construídas pela Norte Energia

Construção da ponte da Brasília - Tv Pedro Gomes ₢Evair Almeida (4).NEFA Norte Energia iniciou a construção de oito pontes e duas passarelas de concreto sobre os igarapés Altamira, Ambé e Panelas, em Altamira. Com um investimento de mais de R$ 80 milhões em infraestrutura urbana, as obras vão recuperar e dar melhor fluxo ao trânsito em grandes corredores de tráfego na cidade, onde hoje há pontes de madeira ou de concreto inadequadas ou deterioradas. A obra mais adiantada, na área urbana da Transamazônica, já está com 38% da estrutura concluída. As obras fazem parte das ações socioambientais da Usina Hidrelétrica Belo Monte, que totalizarão R$ 3,7 bilhões (preços de abril/2010).

“Mesmo com as chuvas, as obras já estão sendo feitas, algumas inclusive adiantadas. A construção das pontes vai requalificar o pavimento, melhorar o trânsito e evitar inundações ocasionais pelo aumento do volume do rio com as chuvas dessa época. Haverá uma melhora substancial no fluxo de veículos e na qualidade de vida da população de Altamira”, diz o diretor Socioambiental da Empresa, José de Anchieta dos Santos.

No Ambé, estão sendo construídas as pontes da Rodovia Ernesto Acioly, com 90 metros de extensão e três vãos de 30 metros, e da área urbana da Rodovia Transamazônica, com 60 metros de extensão e dois vãos de 30 metros. A via também está recebendo uma galeria de 10 metros extensão e dois vãos de 10 metros. O trânsito de veículos e pedestres no Igarapé Panelas será melhorado com a nova ponte da Avenida Tancredo Neves, que terá 100 metros de extensão, dois vãos de 35 metros e um de 30 metros.

Sobre o Igarapé Altamira, a Norte Energia está erguendo as pontes da Rua Gondim Lins, com 80 metros de extensão dois vãos de 25 metros e um de 30 metros; da Avenida João Coelho, com 70 metros de extensão e dois vãos de 35 metros; da Rua Coronel José Porfírio, com 50 metros de extensão e dois vãos de 25 metros; mais uma sobre a Transamazônica, com 60 metros e dois vãos de 30 metros; e duas passarelas de 100 metros de comprimento e quatro vãos de 25 metros cada uma.

A previsão de conclusão das pontes e passarelas é para setembro próximo. As obras são parte do Projeto de revitalização da Orla de Altamira, que prevê melhorias no trânsito de Altamira, embelezamento paisagístico e criação de áreas de convívio e lazer nas áreas de influência do reservatório da Usina Hidrelétrica Belo Monte na cidade.