Academia da Força Aérea abre novo processo seletivo

Quem quiser ingressar na Academia da Força Aérea (AFA), vinculada à Aeronáutica, para se tornar um Oficial de Infantaria, Intendente e Aviador, pode se inscrever para os cursos de formação nas três áreas. São ofertadas 81 vagas para o ano de 2021, e os aprovados e ingressantes terão direito a salário, alimentação, alojamento, fardamento, assistência médico-hospitalar e odontológica. Os interessados não podem ter menos de 17 anos e nem completar 23 anos até o final de 2020.

Todos os cursos serão realizados em Pirassununga, em São Paulo, com duração de quatro anos e em regime de internato. As provas, no entanto, podem ser realizadas nas cidades de Belém (PA), Recife (PE), Salvador (BA), Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Barbacena (MG), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Pirassununga (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Manaus (AM), Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR). O local de realização das provas deve ser indicado no momento da inscrição, que pode ser feita até o dia 19 de março, no site. A taxa será de R$ 70 para todos os interessados, independente do curso escolhido. Poderá solicitar isenção de pagamento quem for membro de família com baixa renda e estiver inscrito no CadÚnico; ou for doador de medula óssea.

As vagas serão distribuídas da seguinte forma: 28 oportunidades para homens no Curso de formação para Oficial de Infantaria (IE/EA CFOINF 2021), sendo seis reservadas aos candidatos negros; 35 vagas para homens e mulheres no Curso de formação para Oficial Intendente (IE/EA CFOINT 2021), sendo sete para os candidatos negros; e 18 vagas para os dois sexos no Curso de formação para Oficial Aviador (IE/EA CFOAV 2021), sendo quatro reservadas aos candidatos negros.O concurso terá provas escritas, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico, procedimento de heteroidentificação complementar e validação documental. A avaliação escrita será aplicada no dia 21 de junho.

Após o curso de formação, os cadetes recebem título de bacharel em administração, com ênfase em administração pública e título de aspirantes a oficial da Aeronáutica, sendo distribuídos nas Organizações Militares do Comaer. A remuneração será de R$ 7.315.