Série de fotos dos anos 60 revela a realidade do Afeganistão antes do Talibã

Em 1967, o Dr. William Podlich pegou uma licença de dois anos de ensino na Universidade Estadual do Arizona e começou um período com a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) para ensinar na “Higher Teachers College” em Cabul, no Afeganistão, onde ele serviu como “Especialista em Princípios da Educação”. Sua esposa Margaret e suas duas filhas, Peg e Jan, vieram com ele. Quando adolescentes, as irmãs Podlich compareceram ao ensino médio na Escola Internacional Americana de Cabul, que atendia aos filhos de americanos e outros estrangeiros que viviam e trabalhavam no país.

Fora do ensino superior, o Dr. Podlich foi um prolífico fotógrafo amador que documentou a experiência e a vida diária de sua família em Cabul, capturando o foto após o foto, usando seu filme Kodachrome, uma vida afegã serena. Apenas cerca de uma década antes da invasão soviética de 1979, o Dr. Podlich e sua família vivenciaram um país próspero e modernizador. Essas imagens, tiradas de 1967 a 1968, mostram um forte contraste com as cenas revistadas pela guerra associadas hoje ao Afeganistão. A filha de Podlich, Peg, afirma que essas imagens são incrivelmente importantes em seus olhos.

“Quando olho para as fotos do meu pai, lembro-me do Afeganistão como um país com milhares de anos de história e cultura. Foi uma experiência dolorida assistir e ouvir sobre o profundo sofrimento que ocorreu no Afeganistão durante as batalhas de guerra há quase 40 anos. As ferozes e orgulhosas, mas amáveis e divertidas pessoas foram espancadas por forças terríveis.”

Fontes: Design You Trust, Daily Mail Online
Resumo Fotográfico

COMPARTILHAR