São José Liberto lança coleção de joias e produtos de moda

730x250

  O Jardim da Liberdade, no Espaço São José Liberto, em Belém, foi transformado em passarela para receber o desfile da Coleção de Joias e Produtos de Moda 2017/2018 – Paraensismo, na quinta-feira (10). Resultado do trabalho de 25 marcas locais, integrantes do Programa Polo Joalheiro do Pará e do Arranjo Produtivo Local de Design, Moda e Indústria do Vestuário, a coleção ficará disponível ao público até o próximo dia 10 de setembro, no Espaço de Exposições, ao lado do Coliseu das Artes. O desfile contou com a apresentação da cantora Thais Badu. O Espaço São José Liberto se tornou um território criativo para os lançamentos das coleções de joias e produtos de moda, criados e produzidos por coletivos de designers, micro e pequenos empresários e empreendedores individuais que participam do Programa Polo Joalheiro, e mais recentemente do Arranjo Produtivo Local de Design, Moda e Indústria do Vestuário – Polo Metrópole/PA. A meta principal é incrementar a produção joalheira local e de produtos de moda, com identidade própria, valorizando os elementos da cultura regional. O desfile da Coleção de Joias e Produtos de Moda 2017/2018 – Paraensismo, coordenado por Diogo Carneiro, foi promovido pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), que administra o Espaço São José Liberto, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme). O evento foi aberto com a participação especial da Mineradora AngloGold Ashanti, a terceira maior do planeta, responsável pelo AuDITIONS Brasil, um concurso de design de joias realizado a cada dois anos no Brasil e na África do Sul, o que lhe confere o status de maior concurso mundial do setor joalheiro. Joias selecionadas – A nova coleção tem criações das designers paraenses Selma Montenegro e Thaise Farias, que integram o Programa Polo Joalheiro e já foram finalistas do AuDITIONS Brasil, respectivamente em 2012 e 2015. Selma é autora da joia “Açaí”, produzida sob o tema “Brasilidade”, e Thaise criou “Em tramas”, a partir do tema “Recombinações”. As duas joias foram mostradas ao público durante o evento, após a apresentação de vídeos temáticos sobre a produção da empresa e sua contribuição para o desenvolvimento do design brasileiro. Carolina Gomide, coordenadora de Marketing da AngloGold Ashanti, disse que “a gente fez questão de trazer as peças porque, na última edição, a gente não trouxe a exposição, e o Pará tem talentos enormes, e tem tudo a ver com que o concurso procura, que é dar visibilidade aos designers de joias”. Para ela, a coleção Paraensismo está ligada aos valores da AngloGold Ashanti, como a preocupação com a sustentabilidade, já que muitas peças são produzidas com materiais reaproveitados. Sérgio Menezes, diretor Comercial de Desenvolvimento da Indústria de Comércio e Serviços da Sedeme, afirmou que os trabalhos realizados no Espaço São José Liberto resultam “da integração dos empreendedores designers e o articulado funcionamento da cadeia produtiva joalheira de moda e artesanato. Fico muito feliz porque a gente consegue atingir um objetivo aqui no Pará, que é gerar trabalho e renda, um dos objetivos do governo e da Sedeme, em especial”. A Coleção Paraensismo reúne 25 empreendedores criativos, sendo 15 microempreendedores e designers do ramo joalheiro – Aída Marion, Amorimendes, Bruna Altmann, Camilla Amaral, Celeste Heitmann, Danatureza, HS Criações, Ivam Silva, Ivete Negrão, José Leuan, Rayan Andersen, Robson Reis, Rosa Castro, Rosaurea Simões, Silabrasila; e 10 do setor de moda – Ana Lúcia Ervedosa, Brenda Lopes, Graça Arruda, Ivam Silva, Ivete Negrão, Jose Leuan, Joseli Limões, Nilma Arraes, Renata Gonçalves e Vanuza Barbosa. Também participaram os ourives Ednaldo Pereira, Emerson Bezerra e Joelson Leão. A professora Rosa Helena Neves, diretora executiva do Igama, destacou que a coleção demonstra o amadurecimento da rede de produção e serviços criativos dos setores de moda e joia, bem como a organização da cadeia produtiva, que consegue apresentar ao público suas inovações, agregando valores como sustentabilidade e cultura. Inovações – Experimentar é uma marca dos empreendedores do Polo Joalheiro, o que tem permitido, ao longo de quase 15 anos de funcionamento, desenvolver uma economia criativa, que valoriza o empreendedor local. Entre os experimentos para a coleção Paraensismo destacam-se as pesquisas, produção e aplicação de dois materiais inovadores: a resina M. A. R. I. A., de autoria da designer Nilma Arraes, e as gemas vegetais criadas pelo pesquisador e ourives Paulo Tavares, e produzidas por Mônica Matos. Na coleção foram utilizados gemas vegetais de pimenta, açaí, pupunha e tapioca, além de outros insumos. O Igama e a Sedeme, com o objetivo de incrementar a produção joalheira local e dos produtos de moda, realizarão uma série de atividades envolvendo a coleção de joias e produtos de Moda 2017/2018 Paraensismo, voltadas a diferentes públicos. Entre esses eventos estão a exposição comercial de Joias e Produtos de Moda – Paraensismo, aberta de 10 de agosto a 10 de setembro; o Salão de Exposição, com visitas marcadas para crianças e adolescentes, nos dias 23 e 24 de agosto (escolas interessadas podem entrar em contato para marcar as visitas), e o bate-papo “Design de Joias e Moda e as expressões culturais: a língua”, destinado a designers profissionais e estudantes, alunos dos cursos de Letras, Design, História e Comunicação, e ainda dos setores de joias e moda, no dia 29 de agosto.  Serviço: Exposição de Joias e Produtos de Moda 2017/2018 – Paraensismo, aberta ao público até 10 de setembro, no Espaço São José Liberto. Horário de visitação: de terça a sábado, das 09 às 18h30, e aos domingos e feriados, das 10 às 18h. Visitas marcadas para estudantes nos dias 23 e 24 de agosto, às 10 e 15 h . Contato pelo e-mail igama_secretaria@hotmail.com Palestra – dia 29 de agosto, às 14 h – no auditório do São José Liberto – no setor administrativo. Bate-papo “Design de Joias e Moda e as expressões culturais de um povo: a língua”.  
Agência Pará de Notícias

COMPARTILHAR