730x250

A equipe da Reserva Extrativista Maracanã, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) na região do Salgado Paraense, no Pará, realizou ação de fiscalização para apurar alertas de desmatamentos e denúncias de construção e caça ilegal no interior da unidade de conservação (UC).

Durante a operação, que contou com apoio do Batalhão de Polícia Ambiental do estado e recursos do programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), foi constatada a destruição de floresta nativa em área de preservação permanente (APP) e construção de casa no interior da UC sem autorização do ICMBio, tendo sido identificado e autuados os responsáveis.

Além disso, foi intensificado a presença institucional na região, o que, para a equipe da unidade, é de suma importância para coibir a ocorrência de ilícitos ambientais na região e, assim, assegurar o uso sustentável e a conservação dos recursos naturais renováveis, protegendo os meios de vida e a cultura da população extrativista local.

COMPARTILHAR