Programa Municipal de Educação Financeira é lancado pela Prefeitura de Belém



Por Victor Miranda

Auxiliar nos investimentos e gastos dos servidores públicos municipais, varejistas de mercados e feiras, além da população em geral, é a finalidade do Programa Municipal de Educação Financeira de Belém, lançado pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria de Economia (Secon), durante a tarde desta quarta-feira, 14, no auditório da Faculdade Esamaz, bairro do Reduto.

A promoção da educação financeira será feita por meio de cursos, palestras e distribuição de cartilhas. O programa é realizado em parceria com o Banco Central, pelo o qual serão feitas palestras nas secretarias municipais e, posteriormente, em mercados e feiras, além de escolas do município.

“Articulados com o Banco Central, vamos selecionar economistas de várias secretarias do município. Eles irão participar de cursos no nessa instituição bancária e depois passarão esse conhecimento para os servidores das secretarias. Atenderemos também aos mercados, feiras e escolas”, comentou Rosivaldo Batista, secretário municipal de economia, órgão responsável pela produção do programa.

A estudante de Serviço Social, Michele Pacheco, de 38 anos, assimilou todas orientações passadas durante a palestra. “Acho excelente esse tipo de programa, pois abre muito a mente das pessoas. Uma cartilha com orientações e dicas ajuda muito, principalmente, para quem faz empréstimos”, disse.

Cerimônia

A cerimônia de lançamento contou com a presença do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, e do gerente administrativo regional do Banco Central, Gontron Magalhães, além de outras autoridades.

O prefeito destacou o quanto o programa pode servir para orientar a sociedade. “A Prefeitura, junto com o Banco Central, está lançando um grande programa de educação financeira no município para ajudar às pessoas, aos empreendedores, servidores públicos e crianças a passarem a ter educação financeira. E assim, fazer com que a economia doméstica seja instrumento e ferramenta de crescimento”, destacou o prefeito.

Cartilha

Também foi apresentada a cartilha de educação financeira, que orienta e explica planos de negócios, orçamento, planilhas de gastos pessoais e receitas. O material será distribuído durante os cursos realizados. “O conteúdo da cartilha é objetivo e pratico e, certamente, vai ajudar muitas pessoas a melhorarem o tratamento financeiro das suas contas, receitas e despesas”, comentou o prefeito.